Sunday, 18 de February de 2018

Sunday, 18 de February de 2018

ECONOMIA


Economia

Governadores do Brasil Central avançam na criação de mercado comum entre estados consorciados

06 Aug 2017

O avanço no processo de efetivação de um programa de Compras Compartilhadas entre os estados, principalmente as direcionadas ao setor da Saúde, foi o diferencial da 16ª edição do Fórum de Governadores do Brasil Central. Na previsão dos chefes de Executivos participantes, até o final de setembro deste ano, os estados terão um formato de um projeto de lei a ser apresentado às suas Assembleias Legislativas. A reunião foi realizada nesta sexta-feira, 4, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande (MS).

"A ideia é concentrar um grande volume de compras de produtos e serviços comuns aos federados, de forma a garantir uma boa economia para os estados-membros", explicou Marcelo Miranda, governador do Tocantins. Ele adiantou que já foi constituída uma comissão composta por técnicos do setor de compras farmacêutica de cada Estado. A previsão é de que alguns medicamentos já sejam definidos nas próximas semanas.

"Não podemos perder tempo. Como Goiás está em condições avançadas, efetivaremos o processo de compra por lá", disse o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, acrescentando: "sairemos das compras via distribuidores para comprar direto das indústrias, o que barateia. E nós não teremos a dificuldade de distribuir esses medicamentos".

O presidente do Fórum e governador do Goiás, Marconi Perillo, destacou que, na próxima reunião, prevista para outubro deste ano, os consorciados devem "bater o martelo para a unificação de uma alíquota de produtos, a ser praticada entre os estados do grupo". Ele ressaltou a importância das apresentações feitas pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo; e pelo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello.

Também ficou acertada, durante a reunião, uma força-tarefa com o Governo Federal para o repasse de recursos pertinentes aos estados por meio da Lei Kandir, que regulamentou a aplicação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Segundo o governador do Mato Grosso, Pedro Taques, é grande o aporte de recursos a ser repassado aos estados. "Mato Grosso tem mais de R$ 20 bilhões a receber", exemplificou ele.


Manifesto

Durante a reunião, os governadores assinaram um manifesto de apoio à priorização do setor de biocombustíveis por meio do RenovaBio, programa do Governo Federal que tem o objetivo de expandir a produção de biocombustíveis no país. O documento será encaminhado ao presidente da República, Michel Temer.

Segundo Marcelo Miranda, o manifesto é estratégico, uma vez que atende aos objetivos da política econômica, social e ambiental, em busca de desenvolvimento e geração de empregos. Ele disse estar satisfeito com os avanços obtidos pelo grupo Brasil Central, tanto pelo nível das discussões e informações compartilhadas, quanto pelas ações já concretizadas, especialmente nas áreas de Segurança e Turismo.

Os estados que compõem o Brasil Central são: Mato Grosso do Sul (MS), Mato Grosso (MT), Goiás (GO), Tocantins (TO), Rondônia (RO), Maranhão (MA), além do Distrito Federal (DF).

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

0

PARABÉNS!
PARABÉNS!

1

BOM
BOM

0

AMEI!
AMEI!

2

KKKK
KKKK

1

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

0

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

1

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Prefeitura não cobrará mais taxa de revisão de IPTU

Zini reafirmou que a Prefeitura está à disposição dos contribuintes que observarem eventuais divergências de valores do imposto.

Amastha

Em vídeo, Amastha detalha descontos do IPTU, reforça diálogo e faz apelo a servidores

Prefeito da Capital reforça que gestão está aberta para atender a contribuintes que observarem eventuais distorções no valor venal do imóvel, base de cálculo do imposto


Ciência & Tecnologia

Aspectos centrais sobre TI na Gestão Institucional - Parte 7

Por Daniel Nascimento-e-Silva*


Palmas

Amastha prestigia abertura de empreendimento que investiu meio milhão de reais em Palmas

O empresário Daniel Oliveira, um dos sócios do Wings, afirmou que o planejamento para a instalação do estabelecimento começou há um ano e meio e há oito meses começou a implantação


Tocantins

Projetos sociais desenvolvidos nas unidades prisionais do Tocantins transformam vidas de detentos


Palmas

Prefeita em exercício entrega chave da cidade para presidente do Comadec


Ataídes

Em reunião com trabalhadores rurais, Ataídes concluiu programação no Bico do Papagaio, nessa quinta


Brasil

Deputados do Tocantins são homenageados por vereadores de todo Brasil


Câmara

Líderes de Câmaras Municipais de todo o país são recebidos na Câmara de Palmas


Irrigação

O que é irrigação inteligente?



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira