Monday, 26 de October de 2020

ECONOMIA


Contenção

Governo limita gastos mensais da administração pública federal

08 Jan 2015

As despesas correntes de caráter inadiável do Poder Executivo passarão a ser limitadas a um dezoito avos do projeto de Lei Orçamentária de 2015 até que ocorra a publicação da Lei Orçamentária deste ano. O bloqueio das despesas corresponde a uma vedação de gastos não obrigatórios como obras de conservação, materiais de consumo e contratos terceirizados. Despesas inadiáveis são as que mantêm a máquina administrativa funcionando mesmo antes da aprovação do orçamento pelo Congresso Nacional.

A medida significa retenção de R$ 1,9 bilhão ao mês nos gastos da administração pública federal direta, fundos e entidades do Poder Executivo, conforme nota divulgada nesta quinta (8) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Não são atingidos pela norma os gastos constitucionalmente protegidos como desembolsos com pessoal, aposentadorias e benefícios assistenciais.

A decisão da presidenta Dilma Rousseff está em decreto publicado hoje no Diário Oficial da União que dispõe sobre a execução orçamentária dos órgãos, dos fundos e das entidades do Poder Executivo. O decreto também foi assinado pelo ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa.

Antes, a expectativa de limitação de despesas era de um doze avos até a aprovação do orçamento deste ano. No último dia 2, a presidenta Dilma sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias que orienta a elaboração do Orçamento e define as metas e prioridades para a equipe econômica neste ano, entre elas, a meta do superávit primário. Pelo decreto, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão poderá ampliar ou remanejar os valores, por ato próprio ou mediante delegação. (ABr)

COMPARTILHE:


Confira também:


Igeprev

Governador Carlesse celebra acordos e Estado começa a pagar dívida no Igeprev já no mês que vem

Foram firmados dois Termos de Acordo de Parcelamento e Confissão de Débitos Previdenciários, no valor de mais de R$ 1 bilhão

Aureny III

Andrino assumiu o compromisso de revitalizar o asfalto das ruas e avenidas do local

O candidato em conversa com os comerciantes e moradores do Aureny III apresentou o descaso com toda a estrutura física das ruas, e com uma saúde e educação abandonada.


Mulheres 77

Eli Borges diz que, se eleito, irá criar a Secretaria da Mulher

Eli Borges entende que a mulher têm direitos iguais aos homens e por isso vai criar mecanismos para equiparação de salários entre homens e mulheres em situação de igualdade profissional.


Região Sul

Se eleita, Cinthia garante que vai construir a tão sonhada rodoviária de Taquaralto

Com propostas alinhadas ao Plano de Governo da Prefeita Cinthia, Waldson afirma que seu compromisso é com a cidade.


Arte

Instituto Isca beneficia mais de 300 pessoas com projeto de ação social em Araguaína


Oportunidade

Concurso para estudantes do ensino médio oferece premiação em dinheiro e viagem aos EUA


Palmas

Radares fixos da Avenida Teotônio Segurado são verificados pela Agência Estadual de Metrologia


TRE

Cidadania: cartilhas bilíngues chegam aos povos indígenas da Ilha do Bananal


Eleições 2020

Cinthia diz que aumentará investimentos para a juventude com o projeto Qualifica PMW


Portaria

Tocantins fixa início da Piracema para o próximo dia 1º de novembro



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira