Saturday, 28 de March de 2020

ECONOMIA


Convênios

Mais de 96% dos Municípios devem encerrar o ano com pendências no Cauc, aponta a CNM

03 Dec 2014

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) constatou que 5.368 prefeituras vão encerrar o ano com irregularidades listadas no Cadastro Único de Convênios (Cauc). Este número corresponde a 96,4% do total de 5.570 Municípios brasileiros. A lista leva em consideração aqueles que estão com alguma restrição no Cauc até o mês de novembro deste ano.
 
Em comparação com 2013, houve um aumento de 81%, pois em novembro passado apenas 2.965 estavam com pendências neste cadastro. No caso de cinco Estados – Acre, Amazonas, Amapá, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte – 100% dos Municípios estão presentes na listagem do Cauc. Todos os demais Estados passam de 90%.
 
A média, calculada de janeiro de 2013 a novembro deste ano, mostra 3.854 Municípios com alguma restrição no Cauc. Estar listado neste cadastro impede que os entes municipais recebam transferências voluntárias da União. Para estar apto, o ente deve comprovar a regularidade junto ao Cadastro Único de Convênios.
 
Apontamentos
A entidade buscou saber quais são os principais motivos para que esses Municípios estejam listados no cadastro. “A situação é preocupante no fim deste ano, a quantidade daqueles que estão com algum apontamento está crescendo demais, este indicador é um termômetro da situação que se encontra a gestão das cidades brasileiras”, explica o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.
 
De acordo com o levantamento da CNM, 2.309 Municípios têm apenas um item irregular; outros 1.314 têm dois motivos para estarem listados no Cauc; 652 têm três itens pendentes e para 1.093 a situação é mais preocupante, pois eles têm mais de três apontamentos no cadastro. (Informações da ascom/CNM)

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Palmas não confirma novos casos nesta sexta-feira, 27

Dados são do Boletim Epidemiológico, publicado diariamente pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde

Efeitos da Covid-19

Prefeitura adia prazo de impostos e taxas para minimizar efeitos da Covid-19 na economia local

O secretário de Finanças, Rogério Ramos, explicou que a prioridade neste momento é o de investir todos os esforços no enfrentamento à Covid-19 e salvar vidas, mas ao mesmo tempo encontrar alternativas viáveis e seguras para que a roda da economia local con


Pandemia

Encarcerados da CPP de Palmas iniciam o treinamento para confecção de máscaras artesanais para prevenção do coronavírus

As máscaras fabricadas pelas pessoas privadas de liberdade da CPP de Palmas serão distribuídas entre os servidores e população carcerária das unidades prisionais do Tocantins


Quarentena

Comércio reabre dia 30 em Paraíso com restrições sanitárias e de aglomeração

O decreto vigorará enquanto durar a situação de emergência, nos termos do decreto 536/2020, revogando-se as disposições em contrário.


Notícias Falsas

Governo do Tocantins alerta para propagação de notícias falsas durante a pandemia do novo Coronavírus


COVID-19

DPE-TO envia Recomendação ao Estado solicitando fiscalização do serviço de transporte intermunicipal


Kits de Alimentação

Carlesse inicia entrega de kits de alimentos a estudantes da rede estadual


Quarentena

Sefin publica portaria regulando atendimento remoto em diversas áreas


Salários

Prefeitura de Palmas antecipa salário de março dos servidores


Alerta

Consumidor que tiver água ou energia cortada, deve denunciar ao Procon Tocantins



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira