Friday, 22 de November de 2019

ECONOMIA


Transparência

Pagamento por aproximação tem crescimento em Palmas

05 Jul 2019    13:17    alterado em 05/07 às 13:17
Pagamento por aproximação tem crescimento em Palmas

O pagamento por aproximação vem definindo a forma como o mundo todo realiza suas compras de produtos e serviços. Disponível em cartões, celulares, pulseiras, entre outros dispositivos móveis que apresentam a tecnologia NFC (Near Field Communication) – ícone semelhante à do Wi-Fi -, o pagamento por aproximação traz praticidade e segurança para o estabelecimento comercial, inovando a experiência de pagamento. Para o consumidor, garante rapidez e segurança para suas movimentações diárias.

Um bom exemplo de rápida adoção do pagamento por aproximação no Brasil tem sido a cidade de Palmas, de acordo com dados transacionais da Visa – empresa líder em tecnologia de pagamentos, entre dezembro de 2017 e 2018 houve um crescimento de 10,5 vezes nas transações realizadas com a tecnologia no município.

“Esse aumento se deve ao fato de o país já estar praticamente pronto para aceitar a tecnologia, mais de 82% dos terminais de pagamentos instalados no mercado brasileiro já estão habilitados para receber a tecnologia. E de acordo com dados de 2018 da Visa, vemos um crescimento expressivo superior a 431% no uso dos pays – pagamentos usando carteiras digitais dos celulares”, explica Alessandro Rabelo, diretor de Produtos da Visa do Brasil.

Como qualquer pagamento eletrônico, a tecnologia possui múltiplas camadas de segurança, que operam nos bastidores de todas as transações para prevenir a fraude nos pagamentos – antes que ela possa acontecer. Além disso, a tecnologia vem se mostrando benéfica para um dos principais problemas modernos: a falta de tempo e busca por agilidade.

No mundo, essa tecnologia também cresce exponencialmente. Mais de 30% das transações Visa na Ásia Pacífico já são por aproximação. De acordo com dados da Visa, mercados líderes incluem Nova Zelândia 72% do uso, Singapura (63%) e Austrália com 92% e consequentemente um declínio de 16% no uso de dinheiro em papel.

Sobre o Cidades do Futuro
‘Cidades do Futuro’ é um programa desenvolvido pela Visa, em conjunto com seus clientes e parceiros (emissores, credenciadores e estabelecimentos comerciais) que busca incentivar o uso dos meios eletrônicos de pagamento em locais onde ainda predomina o uso do dinheiro em papel. Em 2018, as cidades de Belém (PA) Campina Grande (PB) e Maringá (PR) foram escolhidas para dar início ao projeto. Durante os três meses em que foram realizadas as ativações nas cidades, registrou-se um crescimento no volume de uso de cartões Visa 20% superior ao crescimento médio do País. Em 2019, com base no ‘Índice de Maturidade para Pagamentos Digitais’ - levantamento realizado pela Visa Consulting & Analytics que classificou os municípios em quatro estágios relacionados ao nível de desenvolvimento dos pagamentos eletrônicos, a Visa anunciou a expansão do programa para mais 200 cidades brasileiras.

Sobre a Visa Inc.
Visa Inc. (NYSE:V) é a empresa líder em pagamentos digitais no mundo. Nossa missão é conectar o mundo por meio do que há de mais inovador, confiável e seguro em meios de pagamentos – permitindo que pessoas, negócios e economias prosperem. Nossa avançada rede de processamento global, a VisaNet, oferece pagamentos seguros e confiáveis em todo o mundo e é capaz de processar mais de 65.000 transações por segundo. O foco implacável da empresa em inovação é um catalisador para o rápido crescimento do comércio conectado em qualquer dispositivo e uma força motriz por trás do sonho de um futuro sem dinheiro em papel para todos, em todos os lugares. À medida que o mundo passa do analógico para o digital, a Visa insere sua marca, produtos, pessoas, rede e escala para remodelar o futuro do comércio. Para mais informações visite www.visa.com.br, nossa página no LinkedIn ou siga-nos no twitter @VisaNewsBr.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

Equipe do HGP realiza captação múltipla de órgãos

Governo do Estado possibilita por meio da ação a doação de órgãos para pacientes da lista de espera nacional de transplantes


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira