Tuesday, 18 de February de 2020

ECONOMIA


Panorama

Pesquisas da FIETO mostram confiança do empresário mesmo diante de desaquecimento na atividade industrial

28 Jan 2020
Pesquisas da FIETO mostram confiança do empresário mesmo diante de desaquecimento na atividade industrial

O Índice de Confiança do Empresário da Indústria (ICEI) registrou o 2º melhor resultado de toda a série histórica da pesquisa ao chegar a 63,2 pontos neste mês de janeiro. Pontuações acima de 50 pontos demonstram otimismo do segmento para os próximos 6 meses, conforme a metodologia da pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) e Confederação Nacional da Indústria (CNI). Já a avaliação da Sondagem Industrial do 4º trimestre mostra queda na atividade do período.

O ICEI ficou 1,7 pontos acima do valor alcançado no levantamento anterior, de outubro de 2019, perdendo apenas para o maior valor registrado na pesquisa, 65,2 pontos, registrado em janeiro de 2019. O indicador é formado por dois componentes: as Condições Atuais pontuadas com 55,1 pontos pelos empresários pesquisados e Expectativas que atingiram 67,3 pontos em janeiro. Ambos os resultados apresentam crescimento em relação a apuração do trimestre anterior (agosto, setembro e outubro/ 2019) de 2019 quando registraram 53,2 e 65,7 pontos, respectivamente.

Já a Sondagem Industrial do trimestre (outubro, novembro e dezembro/ 2019) mostra desaquecimento da atividade industrial. Isto pode ser visto em indicadores com pontuação abaixa da linha divisória de 50 pontos, a exemplo do índice de Evolução da Produção (45 pontos), Evolução dos Estoques (42 pontos), Satisfação com a Margem de Lucro Operacional (39 pontos), Número de Empregados (45 pontos) e Acesso ao Crédito (33 pontos). 

A queda no indicador que reflete a dificuldade ou não de obtenção de crédito foi destacada na avaliação da gerente da Unidade de Desenvolvimento Industrial, Amanda Barbosa. O empresário tocantinense sempre sinalizou dificuldade na obtenção de créditos e neste último trimestre de 2019 o indicador Acesso ao Crédito caiu 8 pontos registrando 33 pontos. Esta também é uma realidade apresentada no cenário nacional”, analisa a gerente.

Mesmo apresentando queda de 4 pontos, em relação ao trimestre anterior, a Utilização da Capacidade Instalada (61 pontos) se manteve acima da linha divisória de 50 pontos, demonstrando otimismo pelos empresários do segmento industrial. O otimismo é confirmado nos indicadores de Expectativas para os próximos 6 meses composto da análise de Demanda (60,8 pontos), Compra de Matéria-Prima (59 pontos) e Número de Empregados (53 pontos) que lograram crescimento de 8, 6 e 7 pontos, respectivamente, em relação ao trimestre anterior.  

As pesquisas são realizadas por meio de formulários respondidos pelos empresários da indústria on line no qual são atribuídas pontuações a cada um dos indicadores de acordo coma avaliação de seu negócio. A análise individual da empresa na pesquisa é confidencial e enviada somente aos respondentes. Os resultados das pesquisas são publicados no site www.fieto.com.br link Estudos e Pesquisas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Operação Escroque

Polícia Federal desarticula braço de organização criminosa especializada em fraudes no Seguro Desemprego

O nome da operação faz referência àqueles que se apoderam de bens alheios, por meios ardilosos e fraudulentos.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira