Monday, 23 de April de 2018

Monday, 23 de April de 2018

ESPECIAL


DreamShaper

DreamShaper estreita relação entre estudante e escola por plataforma que transforma qualquer aula em projeto de vida

10 Nov 2017

São Paulo, novembro de 2017 - Para empreender na área da educação é necessário mais do que uma boa ideia: é preciso investir em um negócio que tenha potencial para transformar vidas. Foi esse sentimento que motivou a fundação da DreamShaper, plataforma online de ensino que permite a criação de projetos temáticos em sala de aula. Por meio de software usado por escolas, a empresa já impactou mais de 60 mil alunos globalmente, valorizando o indivíduo ao criar projetos de vida que atrelam os desejos pessoais de cada um aos temas trabalhados nas aulas.

Ao criar a conexão entre sala de aula e vida real, a ferramenta busca desenvolver competências socioemocionais e o perfil empreendedor do aluno, em alinhamento com a Reforma do Ensino Médio e a BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Dessa forma, o desenvolvimento de projetos ao longo do ano letivo prepara os jovens para as necessidades escolares, além de torná-los mais capacitados para um novo mercado de trabalho.

A DreamShaper nasceu de uma ONG portuguesa, a Acredita Portugal (AP), que foi criada em 2008 para promover educação e formação empreendedora a quem não tinha essa oportunidade. Em 2010 a AP tinha mais de 700 alunos e precisava de uma ferramenta que permitisse ensinar em escala, de forma eficiente e focada nos interesses dos alunos. Foi quando em 2014 os sócios Miguel Queimado, João Borges, Pedro Queiró, André Borges e André Pintado lançaram a DreamShaper como empresa independente no Brasil, em parceria com a Fundação Lemann.

De acordo com Miguel Queimado, CEO da DreamShaper, o principal objetivo da empresa é mostrar que a educação pode - e deve - alavancar os sonhos do aluno. "Os aprendizados devem responder às aspirações do aluno, e não podem servir apenas até à próxima prova. Vimos isto em vários países: se o aluno não reconhecer o valor da educação, vai optar por outro caminho", aponta o executivo.

Além de fornecer uma ferramenta educacional, a ideia é proporcionar ao estudante a oportunidade de descobrir quais as suas forças, o que ele quer para seu futuro e colocar isso em prática. "Isso motiva o aluno a continuar aprendendo, pois ele consegue ver o resultado de todos os seus esforços na prática", diz Queimado. Essa relação ainda ajuda a combater um dos maiores problemas na educação brasileira: a evasão escolar que, de acordo com o Anuário Brasileiro da Educação Básica 2017, atinge 22% dos jovens de 15 a 17 anos.

A plataforma vem para suprir a falta de ferramentas educacionais online que possam ser utilizadas pelos professores com seus alunos, além da escassez de soluções de problem based learning (aprendizado com base em solução de problemas) que sejam facilmente aplicáveis, sem alto investimento financeiro ou esforço excessivo. O sistema foi desenvolvido com o objetivo de atender aos mais diversos públicos, desde alunos de ensino fundamental e médio até o superior. Hoje, além das dezenas de escolas públicas, muitas universidades de maior referência no Brasil já estão utilizando. "Focamos em oferecer uma solução universal e os conteúdos pedagógicos fazem com que qualquer pessoa possa utilizar, independentemente do seu nível de conhecimento", explica Queimado.

Atualmente a empresa atua no Brasil, Portugal, Colômbia e México e impacta mais de 10 mil jovens brasileiros por ano. Os planos para o futuro são ambiciosos: alcançar 250 mil alunos em 2018, podendo chegar a 1 milhão em 2019.

Sobre a DreamShaper:

A DreamShaper é uma ferramenta educativa online que permite desenvolver projetos temáticos no âmbito das aulas. Com soluções para ensino fundamental, médio e superior, o software oferece integração entre as disciplinas escolares e a vida pessoal do aluno, buscando desenvolver competências socioemocionais e o perfil comportamental empreendedor. Foi fundada no Brasil em 2014, pelos sócios Miguel Queimado, João Borges, Pedro Queiró, André Borges e André Pintado, e desde então já impactou mais de 60 mil alunos globalmente.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

5

PARABÉNS!
PARABÉNS!

5

BOM
BOM

4

AMEI!
AMEI!

5

KKKK
KKKK

4

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

2

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

4

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Eleições 2018

PT Nacional tira partido de Amastha e coliga com a senadora Kátia Abreu

Kátia Abreu e o PT do Tocantins chegaram a iniciar o diálogo, mas a parlamentar não aceitou a indicação do advogado Célio Moura ou da secretária-geral petista, Márcia Barbosa, para vice-governador na chapa.

Guaraná Antarctica

Guaraná Antarctica mostra em nova campanha o que é capaz de fazer pela Seleção Brasileira

O refrigerante mais brasileiro de todos suspende exportação para países adversários do Brasil até o final de julho. O que é original do Brasil, fica no Brasil, para fortalecer a nossa seleção


Saúde

Empenhados mais de R$ 1,7 milhão em emendas da saúde da deputada Dorinha

O Ministério da Saúde empenhou na última semana mais de R$ 1,7 milhão em emendas impositivas que foram destinadas pela deputada Professora Dorinha (Democratas/TO) que beneficiam dez cidades tocantinenses


Meio Ambiente

Naturatins discute a redução de peixes nos rios tocantinenses e a construção de barragens

O professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o doutor Fernando Pelicice, discorreu sobre os Impactos da construção de barragens sobre a ectiofauna


Eleições 2018

Márlon Reis anuncia coronel Edvan como vice dizendo que são os únicos que podem fazer a mudança de verdade no Tocantins


Eleições 2018

PSDC do Tocantins se rebela, deixa base de Amastha e apoia Kátia Abreu


Panorama

TIM acelera a Transformação Digital em uma nova parceria com a Microsoft em Inteligência Artificial


Polícia Civil

Polícia Civil prende suspeito de estuprar e engravidar criança de 11 anos no Extremo Norte do Estado


Exames Médicos

Equipes de UTI de Palmas realizam exames médicos gratuitos em 1200 alunos da ETI Almirante Tamandaré


Apaes

Deputada Dorinha indica a Federação das Apaes do TO para o prêmio Brasil Mais Inclusão



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira