Tuesday, 16 de July de 2019

ESPORTE


Tocantins

Deputado Jair Farias reúne presidentes de colônias de pescadores para falar de projetos e ouvir demandas

13 Apr 2019    14:05    alterado em 13/04 às 14:05
Deputado Jair Farias reúne presidentes de colônias de pescadores  para falar de projetos e ouvir demandas

O deputado Jair Farias (MDB), reuniu em seu gabinete na tarde desta quarta-feira, dia 10, cerca de 15 pescadores, a maioria presidentes de colônias de pescadores de diversos municípios: Araguatins, Palmas, Miracema, Esperantina, Peixe, Xambioá, Araguanã, Aragominas, Palmeiras, São Sebastião e Tocantínia. Na oportunidade, Jair Farias falou dos projetos que tem para a área de produção, em especial a piscicultura, relatando que já buscou parcerias com a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins  (Fieto).

De acordo com o deputado, seu objetivo é favorecer a implantação de projetos para garantir a independência financeira das famílias e alavancar a economia local. Ele acredita que mesmo com poucos recursos, mas boa vontade, é possível dar bons exemplos. Ele citou uma emenda de R$ 100 mil que destinou para uma associação de agricultores de Axixá, com o objetivo de comprar kits de irrigação. “É pouco? É, mas vai dar de comprar uns dez kits, atendendo dez comunidades, faremos um projeto piloto, para ver se produzindo os demais acreditam que dará certo”, pontuou.

 O ex-presidente da Colônia de Pescadores de Palmeiras, Emiliano Dias Carneiro aproveitou a reunião para falar da dificuldades dos pescadores em conseguir o licenciamento ambiental, tanto no âmbito estadual como federal, para que possam produzir peixes. “Todos os órgãos conseguem dificultar as coisas”, declarou Emiliano. “Eu tenho na minha chácara uma área muito grande que daria pra fazer tanques para produzir peixes, mas não consigo licenciamento, precisamos de ajuda para desburocratizar as licenças”, pediu Emiliano.

O deputado Jair Farias colocou sua equipe técnica à disposição para acompanhar os casos dos pescadores que precisam de licenciamento. Outra demanda levantada foi quanto à liberação de recursos para investir na área. O presidente da Colônia de Pescadores de Palmas, Davi Rodrigues, se queixou de um projeto do governo federal que foi apresentado para ser implantado no Parque Sucupira, na Capital, mas quando os pescadores foram atrás dos recursos via projetos junto ao banco, não conseguiram obter os recursos por conta de uma série de exigências. Jair Farias pediu uma minuta desse projeto para estudar a situação a fim de verificar o que pode ser feito.

Ao final do encontro, o parlamentar reforçou sua disposição em ajudar as colônias de pescadores, no sentido de dar apoio técnico e buscar recursos para fomentar projetos na área da piscicultura. A ideia é ainda oferecer cursos e assistência técnica, a fim de preparar a mão de obra de moradores dos próprios municípios.

O objetivo do deputado é o desenvolvimento da agricultura familiar, especialmente nas cadeias produtivas da piscicultura e da fruticultura, fortalecendo a agroindústria nos assentamentos para gerar renda às pessoas. “Queremos ser um defensor dessa causa aqui na Casa, desprendido de qualquer compromisso político, mas um trabalho de ação parlamentar, queremos fazer algo pelo Estado para que possa melhorar a vida do povo”, destacou Jair Farias, lembrando que o desemprego ainda é muito grande entre a população, sendo necessária a busca de alternativas para investir a fim de gerar empregos e renda para famílias. “Estamos em um estado muito rico na questão da água, ali mesmo o Bico temos o Araguaia e o Tocantins que é uma riqueza sem dimensão, no entanto temos lá o município de Praia Norte, com o povo à beira do rio, passando muita necessidade, Praia Norte é um exemplo, mas situações assim acontecem no Estado inteiro”, ressaltou.

Para Jair Farias, “temos que ter uma política de governo para incentivar a produção por parte de quem quer produzir, a fim de que estes que produzem possam dar oportunidades para outros trabalharem, vai ficar muito mais barato”, sintetizou.

COMPARTILHE:


Confira também:


Inadimplência

Dívidas com cartão de crédito atingem 80,3% dos palmenses

Em segundo lugar do ranking, vem os financiamentos de veículos (22%) e imobiliário (19,8%). Nesta lista, entram ainda os carnês de lojas, cheque especial e empréstimo consignado, por exemplo.

Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco

As regiões pretendem integrar a Rede de Cidades Criativas da entidade. Atualmente, o país conta com oito selos; resultado sai até fim de outubro


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip

Benegrip Multi Dia e Noite terá ação digital integrada em multiplataformas do Grupo Record


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação

A Seciju, por meio da Gerência de Prevenção contra as Drogas e Núcleo Acolher, orienta dependentes e co-dependentes a procurar o serviço desenvolvido pelos grupos de ajuda mútua, como Alcóolicos Anônimos (AA), Narcóticos Anônimos (NA) e Amor- Exigente.


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais


Influencer

Gabriel Farhat comanda direção artística de novo projeto musical


Defensoria

DPE-TO defende criação de ambulatório trans no Tocantins


Palmas

Cine Cultura renova parceria com Sessão Vitrine e promove encontro com o premiado produtor João Vieira na terça, 16


Em Palmas

Membro de grupo estratégico da Embrapa apresentará dados sobre produção e preservação no cerrado e Matopiba


Interior

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Itacajá



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira