Wednesday, 23 de October de 2019

ESPORTE


Pressão

Sindicatos e associações cobram funcionamento dos conselhos do IGEPREV

24 Sep 2019    09:35    alterado em 24/09 às 09:35
Sindicatos e associações cobram funcionamento dos conselhos do IGEPREV

Sindicatos e associações dos militares requereram, por meio do Ofício Conjunto nº 10, protocolado na sexta-feira, 20 de setembro, que o governador Mauro Carlesse faça a nomeação dos membros dos conselhos de Administração e Fiscal do Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (IGEPREV) em caráter de urgência. Com o fim dos mandatos dos conselheiros em maio deste ano, os dois conselhos, fundamentais para o funcionamento regular do IGEPREV, não tiveram seus membros, que representam o Executivo estadual, nomeados.

Os representantes dos servidores públicos já apresentaram a indicação dos nomes para compor os conselhos de Administração e Fiscal, no caso dos servidores civis ativos e inativos do Executivo estadual a indicação ocorreu por meio do Ofício nº 62/2019, protocolado no dia 30 de abril ao Igeprev, e novamente reiterado por meio do ofício nº 85/2019, protocolado em 22 de maio, ao governador Carlesse, com cópias ao IGEPREV e a Secretaria Estadual da Administração (Secad). Porém, até o momento as providências legais para a publicação da nova composição dos conselhos no Diário Oficial do Estado não foram adotadas.

O não funcionamento dos dois conselhos tem prejudicado a gestão do IGEPREV, entre os problemas gerados: prestações de contas de 2018 ainda não foram analisadas, assim como o orçamento para o próximo ano e o planejamento estratégico também não está sendo discutido nos conselhos. Esses problemas foram relatos pelo presidente do órgão, Sharlles Fernando Bezerra Lima, em reunião com os representantes dos servidores, realizada no último dia 18.

A Lei 1.940/2008 – artigo 5º - estabelece que a estrutura administrativa do IGEPREV é formado pelo: I-Conselho de Administração; II-Diretoria Executiva; III-Conselho Fiscal. A lei define que os membros e respectivos suplentes dos Conselhos de Administração e Fiscal são designados por ato do Chefe do Poder Executivo para mandato de dois anos. Sendo necessário destacar que o CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO é o órgão de deliberação e orientação superior do IGEPREV, ao qual incube fixar as políticas e diretrizes de investimentos a serem observadas.

“Os funcionamentos dos conselhos são fundamentais para a regularidade da gestão do IGEPREV e uma exigência legal, temos tido há anos diversos problemas na gestão da previdência dos servidores públicos, com prejuízos milionários, por isso o SISEPE-TO tem defendido que é necessário garantir que o controle do regime previdenciário fique na mão dos segurados, ou seja, dos servidores públicos efetivos”, argumenta o presidente SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro.

COMPARTILHE:


Confira também:


Rodovia no Jalapão

Governador e Ministro do Turismo discutem construção de rodovia no Jalapão em parceria com a iniciativa privada

Carlesse reforçou a necessidade da pavimentação do acesso ao Jalapão e apresentou dados do crescimento do Turismo no Estado

Prorrogado Refis 2019

Refis 2019 já negociou mais de R$ 110 milhões em dívidas; pagamentos à vista superaram os R$ 20 milhões

O programa, que terminaria no domingo, 31, foi prorrogado até o dia 31 de novembro e o atendimento é feito nas unidades do Resolve Palmas




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira