Wednesday, 05 de August de 2020

ESTADO


Abusos contra a mulh

Álcool e violência

17 Dec 2008

Em cinqüenta por cento das ocorrências registradas em casos de violência contra a mulher no país, o álcool é o princípio ativo e também o cerne argumento de defesa. Ou seja, ao mesmo tempo em que uma pessoa pratica um ato ilícito sob os efeitos do álcool, também pode pedir afrouxamento da pena “por alegar que não estava em si”. De acordo com um estudo realizado pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), através do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), 86% da vitimas de agressores alcoolizados nunca procuram a ajuda.

No Tocantins, de janeiro a novembro do ano passado, o Estado registrou o maior número de casos de violência contra a mulher. Foram 31 homicídios dolosos - com intenção de matar - 13 suicídios, 65 tentativas de homicídios, 1.560 casos de lesão corporal dolosa e 2.743 registros de ameaça. No primeiro semestre deste ano, somente em Palmas, 891 ocorrências foram registradas na Delegacia da Mulher, entre estupros, tentativas de homicídio e lesões corporais com requintes de crueldade. A crença de que o álcool é responsável pelas agressões diminui a culpa do agressor e aumenta a tolerância da vítima. “Eu procurei participar do grupo (Alcoólicos e Anônimos - AA), e pude descobrir que a culpa do meu fracasso não era ter me casado”, diz um ex-agressor, que hoje se vê “curado por buscar ajuda”. O AA – Tocantins é uma organização que visa compartilhar experiências e buscar ajuda para pessoas que sofrem com o alcoolismo. Assim como o CEREA – Centro de Recuperação de Alcoólatras de Gurupi.

Procurar ajuda ainda é um obstáculo a ser superado, tanto por quem apanha quanto por quem agride.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 646 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 28.312 casos no total, destes, 17.347 pacientes estão recuperados, 10.550 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 415 pacientes foram a óbito.

"Operação Direct"

Polícia Federal investiga fraudes a licitações e atos de corrupção no interior do Tocantins

O nome da Operação faz referência à relação “direta” e pessoal existente entre o empresário e os agentes públicos, com a existência de favorecimentos entre as partes.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira