Saturday, 20 de July de 2019

ESTADO


Palmas

Agência de Regulação de Palmas apresenta estudos sobre a tarifa de esgoto na Capital

01 Jun 2019    17:41    alterado em 02/06 às 17:41
Aline Batista Agência de Regulação de Palmas apresenta estudos sobre a tarifa de esgoto na Capital

Na quarta feira, 29, a Comissão de Administração Pública, Urbanismo e Infraestrutura, recebeu a equipe da Agência de Regulação de Palmas – ARP que apresentou estudo preliminar, em parceria com o Conselho Federal de Administração (CFA – GESAE) sobre a tarifa de esgoto, praticada no Município de Palmas pela BRK ambiental.

O presidente da Comissão, vereador Filipe Fernandes (DC) – um dos que solicitaram a votação e publicação do Decreto Legislativo que suspendeu os aditivos nº. 02/2013 e 03/2013 da empresa BRK ambiental – ressaltou que a presença da equipe na Casa de Leis é importante para a melhoria dos serviços de esgoto em Palmas. “Hoje o Tocantins clama por não trabalhar somente para pagar tributos. Lamentavelmente os municípios hoje se encontram abandonados pela concessionária que fornece água e esgoto”, lamentou o democrata cristão.

O vice-presidente da ARP, Fábio Barbosa, informou que existe uma Plataforma desenvolvida pelo GSAE, que permite o acesso as informações que a concessionaria dispõe no sistema nacional. “Esses dados proporcionaram a equipe da ARP muitos esclarecimentos, e através disso podemos analisar, alinhando o que o sistema disponibilizava com o que nos interessa para avaliar as cobranças feitas pela empresa” explicou. 

O representante do CFA, José Antônio Campos, apresentou os dados da Plataforma do GSAE, onde constam que 19,4% da população do Tocantins não tem acesso ao serviço público de água potável. Cerca de 69% da população não tem coleta de esgoto sanitário, enquanto 34,2%  da água tratada é desperdiçada. Outro dado importante é que, o índice da tarifa média de água em Palmas é de R$ 5,60 a cada mil litros, sendo que o custo para produzir essa quantidade de água é de R$ 2,60.

O vice-presidente do Conselho Federal de Administração (CFA), Rogério Ramos, explicou que a BRK não consegue explicar a questão do investimento cruzado, uma vez que os dados não são encontrados, quando solicitados. “Nosso custo de produção da água é um dos menores do Brasil” destacou Ramos. Segundo ele, a partir de balanço contábil, publicado no site da BRK de 2016 a 2017, a empresa produziu 29% de lucro líquido de um ano para o outro “Isso mostra que é uma empresa totalmente saudável e lucrativa, em sua atuação” explicou.

Despesa total dos serviços

Dados da plataforma do GSAE mostram, ainda, que a despesa total do serviços fornecidos pela BRK tiveram queda, no período de 2013 a 2017, enquanto a tarifa média praticada aumentou. O vereador Milton Neris (PP) ressaltou que, considerando esses dados, Palmas vive um momento importante, inclusive a ferramenta do GSAE ajudará muito o Executivo e o Legislativo a buscarem melhorar a vida dos usuários do serviço “Chegou a hora da gente sinalizar a favor do usuário. Ele precisa ter recompensa e a restituição de pelo menos uma conta de esgoto mais justa, e os números provam que é possível” finalizou.

Impende ressaltar, por fim, que a Câmara de Palmas buscará a realização de uma audiência Pública para debater, junto aos outros Municípios atendidos pela BRK ambiental, os valores cobrados pela empresa e a questão do subsídio cruzado.

COMPARTILHE:


Confira também:


Cuiabá

Em encontro com o ministro Dias Tofolli, presidente do TJTO defende autonomia dos Tribunais para aprovar projetos de interesse do Judiciário estadual

Do encontro convocado pelo ministro Dias Toffoli e no qual ele franqueou a palavra a todos os presidentes dos tribunais, saiu a Carta de Cuiabá

Estacionamento Rotativo

Tribunal de Justiça reconhece competência do TCE para emitir cautelar durante julgamento sobre o Estacionamento Rotativo de Palmas

O relator do processo, desembargador Ronaldo Eurípedes, apresentou seu voto no último dia 27 de junho negando o pedido da empresa com fundamento. no posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF)



Seciju

Ações contra violações de direitos são realizadas em praias do estado

Equipes técnicas da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) participaram de reuniões para fortalecimento da Rede de Proteção e realizaram ações de sensibilização nas praias de Porto Nacional e Pedro Afonso e fortaleceram a Rede de Proteção.


PM

Ação conjunta da Polícia Civil do Tocantins e da Polícia Militar de Goiás resulta na prisão de homicida foragido de Araguaína

Ele é suspeito de ser o autor de pelo menos dois homicídios praticados, em Araguaína, nos anos de 2018 e 2019 e foi capturado, mediante cumprimento a mandados de prisão preventiva, oriundos da 1° Vara Criminal da Comarca de Araguaína.


Regularização

Governo inova em gestão e abre portas do Instituto de Terras do Tocantins para estágio em 2019

O Instituto de Terras do Tocantins vem trabalhando com responsabilidade e eficácia para contribuir a cada dia com o desenvolvimento do Estado.


CPPA

Suspeito de cometer homicídio em 2015 é preso pela Polícia Civil em Araguaína


Premiação

EDP, controladora da Investco e da Enerpeixe no Tocantins, está entre as 15 marcas mais valiosas no mundo


Resgate

Paciente em estado grave é transportado de Miracema para Palmas pelas equipes do CIOPAER e SAMU


TV

Gastronomia alemã é o próximo desafio do MasterChef


Encceja

100% das unidades prisionais e socioeducativos realizarão o Encceja PPL 2019


Turismo

Adetuc projeta aumento de turistas e movimentação de mais de R$ 118 milhões na Temporada de Praias 2019



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira