Wednesday, 17 de July de 2019

ESTADO


Rubéola

Campanha pretende imunizar 461 mil pessoas em todo o Estado

29 Jul 2008

A rubéola é uma doença infecciosa causada por um vírus, o Togaviridae. É transmitida pelo ar, e os principais sintomas são febre, manchas avermelhadas pelo corpo e inchaço nos gânglios. O risco maior que a doença oferece é para as mulheres gestantes. Ao serem infectadas com o vírus, esse pode ser transmitido para o feto, o que pode causar má-formação, surdez, cegueira e retardo mental. A única forma de prevenir a doença é por meio da vacinação.

Para tentar erradicar a rubéola, o Ministério da Saúde (MS) estará realizando uma campanha inédita e de grande dimensão entre os dias 9 de agosto e 12 de setembro. A Campanha Nacional de Vacinação para Eliminação da Rubéola pretende vacinar aproximadamente 70 milhões de pessoas de ambos os sexos durante cinco semanas.

No Tocantins, serão imunizados 461 mil homens e mulheres, de 20 a 39 anos de idade, e toda a população indígena aldeada. Para pessoas com idade inferior a 20 anos, a vacina é aplicada em duas doses. Para quem está acima dessa faixa etária, apenas uma dose é suficiente. Em toda a região Norte, a meta do MS é vacinar 5,2 milhões de pessoas.

A campanha está dentro do compromisso firmado pelos países das Américas durante a 44ª Reunião do Conselho Diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Com essa ação, o Conselho pretende eliminar totalmente a rubéola e a Síndrome da Rubéola Congênita (SRC) – que pode causar aborto ou malformações no bebê – até 2010.  

Para o infectologista Dr. Alexandre Janotti, o motivo do aumento da incidência da doença se deve à falta de cobertura vacinal. “A vacinação contra rubéola, que compõe a tríplice viral, passou a ser aplicada nas crianças de alguns anos pra cá. Por isso, é importante que adolescentes e adultos sejam vacinados”, explica o infectologista. Ele também alerta às mulheres quanto à importância da vacinação, já que a única forma de prevenir que a doença possa atingir o feto é tomando a vacina pelo menos 30 dias antes de engravidar.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, de 2005 pra cá, a incidência da doença aumentou 2.300% no Brasil. Em 2005, foram registrados no país 351 casos. Dois anos depois, em 2007, o número de registros subiu para 8.156. No Tocantins, entre os anos 2000 e 2006, não foi registrado nenhum caso. Em 2007, foram confirmados 37 casos. Este ano, foram registrados dois casos.

A vacina contra rubéola - Tríplice Viral, que combate outras duas doenças, a caxumba e o sarampo - é encontrada em todos os postos de saúde do Tocantins e também em clínicas particulares de vacinação.

COMPARTILHE:


Confira também:


Siqueira no Senado

Governador Wanderlei Barbosa prestigia posse de Siqueira Campos no Senado

Durante discurso, Wanderlei Barbosa ressaltou a importância história de Siqueira Campos, como líder fundamental na criação do Tocantins.

TJTO

Juíza determina que o Estado e o município de Palmeirópolis forneçam, em 10 dias, remédio contra hanseníase a paciente

O descumprimento da sentença acarretará em multa diária de R$ 1mil (individualizada em R$ 500,00 para cada uma das partes requeridas - Estado e o Município) e limitada a R$ 30mil


Formação

Unitins traz Viviane Mosé para evento de qualificação de professores

Professora há mais de 30 anos, a palestrante é reconhecida nacionalmente pela atuação na área educacional


Luto

Morre a Auditora Fiscal Elizabeth Leda, aos 73 anos

Irmã da também Audiora Fiscal, Ana Maria Leda Barros e tia do vereador Rogério Freitas, Dra Beth no início da implantação do Estado do Tocantins exerceu o cargo de Coordenadora de Recursos Humanos do Estado


Norte do TO

Polícia Civil prende mais um suspeito de participar de homicídio de adolescente em Araguaína


Cidades criativas

Quatro cidades do Brasil concorrem a títulos na Unesco


Grupo Record

Portal R7 ganha novas cores em ação dia e noite da Benegrip


Tocantins

Grupos de Ajuda Mútua dão apoio a dependentes químicos e familiares durante e após recuperação


Reforma

Damaso vota por regra de transição diferenciada para professores e policiais


Influencer

Gabriel Farhat comanda direção artística de novo projeto musical



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira