Wednesday, 05 de August de 2020

ESTADO


Seciju

Cidadania e Justiça participa de videoconferência com a Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres

22 Apr 2020

A Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, vinculada ao Ministério dos Direitos Humanos, convocou reunião por videoconferência com a finalidade de apresentar o que está sendo feito para proteger os direitos da mulheres, como também saber o que os Estados têm aplicado de estratégia para garantir socorro às vítimas em situação de violência. Representando o Tocantins, participou da reunião a gerente de Políticas e Proteção as Mulheres da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), Flávia Laís Martins.


A videoconferência foi presidida pela Secretária Nacional de Políticas para as Mulheres, Cristiane Britto, que iniciou a reunião falando sobre as atualizações recentes feitas durante a pandemia da Covid-19 com o intuito de efetivar as políticas e garantir os direitos das mulheres, como a alteração da Lei Maria da Penha, onde o agressor é obrigado a participar dos grupos de reabilitação; os novos meios de denunciar violações de direitos humanos, via aplicativo e site; além de apresentar o material elaborado com recomendações, guias e cartilhas com diversas orientações acerca da proteção das mulheres.


Após a explanação, foi aberto espaço para as representantes dos Organismos Governamentais de Política para as Mulheres Estaduais relatarem sobre as atuais estratégias que estão sendo aplicadas pelas redes de atendimento para garantir o socorro às vítimas em situação de violência. Diante disso, a gerente de Políticas e Proteção às Mulheres da Seciju ressaltou a necessidade de ampliar a Rede de Proteção à Mulher no Tocantins.


“Existe a necessidade de ampliarmos a rede de atendimento à mulher por todo o estado, implementando Centros de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), visto que temos apenas um estadual na cidade de Arraias e um municipal na cidade de Palmas; Casas Abrigo de Acolhimento a Mulher, pois temos apenas uma também em Palmas; Casa da Mulher Brasileira e de Casas de Passagem, estes espaços são fundamentais para que possamos promover a superação da situação de violência e contribuir para o fortalecimento da mulher” ressaltou Flávia.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Covid-19: Brasil chega a 2,8 milhões de casos; 70,3% estão recuperados

Mais de 95 mil brasileiros morreram por causa do novo coronavírus

Covid-19

Tocantins registra 669 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 27.664 casos no total, destes, 16.562 pacientes estão recuperados, 10.694 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 408 pacientes foram a óbito.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira