Sunday, 22 de July de 2018

Sunday, 22 de July de 2018

ESTADO


Creche

Com 2º lugar no ranking nacional, Palmas é a região em que as mulheres mais têm dificuldades de conseguir vaga em creche

17 May 2018    14:58
Com 2º lugar no ranking nacional, Palmas é a região em que as mulheres mais têm dificuldades de conseguir vaga em creche

Com quem fica a criança quando a mãe precisa trabalhar? Esse é um dos principais problemas enfrentados por mulheres que precisam se dedicar ao trabalho e ao mesmo tempo garantir o cuidado com os filhos durante esse período.

Qual é a situação atual no que diz respeito a conseguir vagas em creche?

De acordo com relatório divulgado pela fundação Abrinq em 2012, apresentando a análise situacional nos 26 Estados Brasileiros e no Distrito Federal, as creches atendiam apenas 22,53% de todo o território nacional, levando-se em conta a faixa etária de 0 a 3 anos de idade.

Já segundo o Censo divulgado pelo Ministério da Educação em 2015, foram apresentados dados de que a maioria das creches está localizada na zona urbana, 76,3%, em que existe a maior participação de iniciativa privada no que se refere à educação básica, representando 40,7% deste percentual.

Mesmo os resultados dessa pesquisa apontando o aumento de 5,2% de matrículas em comparação a 2015, o problema da falta de creches para comportar todas as crianças que deveriam ser matriculadas ainda existe.

Dados recentes sobre a situação das creches no Brasil

Em enquete publicada pelo portal Trocando Fraldas, para compreender como as mulheres conciliam a vida profissional e o cuidado com os filhos, foi mostrado que o problema para se conseguir vagas em creche no país ainda existe.

Participaram da pesquisa, 10 mil mulheres de todo o país e dentre os principais resultados estão o de 3 em 7 mães que deixam o filho aos cuidados das avós ou de outros parentes próximos e 1 em cada 4 mulheres que precisam encontrar uma maneira não tradicional para cuidar da criança enquanto trabalha.

Apenas 18% das mulheres afirmaram encontrar vaga em creche com facilidade e 28% avaliaram como muito difícil essa busca. Esses dados foram obtidos de mulheres de todas as idades.

Nas regiões Centro-Oeste e Sul, as mulheres encontraram maior grau de dificuldade, e no Nordeste, menos.

No Distrito Federal, Goiás e Paraná, a falta de creches é mais notória para as mães. Já em Alagoas, Bahia e Ceará, conseguir uma vaga é mais fácil.

Além de Brasília, Palmas, João Pessoa e Campo Grande são as regiões em que mais se sofre para conseguir vagas em creches. Já em Salvador, Teresina e Fortaleza, o grau de dificuldades se apresentou menor.

Palmas está em segundo lugar no ranking de dificuldade de conseguir vagas em creche, com 4,13%.

Como solucionar este problema levando-se em conta que grande parte das mulheres não têm condições de arcar com creches particulares?

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

30

PARABÉNS!
PARABÉNS!

24

BOM
BOM

29

AMEI!
AMEI!

23

KKKK
KKKK

25

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

18

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

21

CREDO!
CREDO!

Leia por assunto:

Creche Mães Palmas

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Viver

Aulões gratuitos de dança animam Parque Cesamar neste fim de semana

As aulas serão oferecidas pelos professores de dança Aline Freitas e Marcos Paulo Barros, da Athletica Fitness Center.


  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira