Monday, 16 de September de 2019

ESTADO


Unitins II

Curso é resultado de ampla pesquisa

13 Aug 2008

O curso de pós-graduação em Práticas Pedagógicas no Sistema Prisional é resultado de uma pesquisa realizada em 2004, pelo grupo Educação, Cultura e Transversalidade, que trabalhou na produção de saberes voltados para o sistema prisional e, com isso, oferece formação continuada aos professores da Escola Estadual Nova Geração, da Casa de Custódia de Palmas (CCP). Rosa Maria Maciel da Silva trabalha com educação no sistema prisional há cinco anos, e acredita que uma formação complementar ajuda no desenvolvimento do trabalho dentro da cadeia. “Aqui, nós temos alunos com comportamentos atípicos, e isso exige uma preparação especial do professor”, explica Rosa.

A escola foi fundada em 2005, e, desde então, oferece aulas dos ensinos fundamental e médio para 60 alunos da Casa de Custódia. São sete professores e dois funcionários do setor administrativo que dividem as atividades das disciplinas da grade curricular e no aconselhamento diário dos alunos. “Aqui, nós não somos só professores, mas somos também psicólogos, o palhaço que faz a graça para ajudar a levantar a auto-estima desse aluno, que às vezes vem querendo desabafar, contar sua história”, conta a professora Rosa.

O professor Valdecir Borges da Silva, há um ano e meio na CCP, defendeu, em abril deste ano, trabalho de conclusão de mestrado em Ciências do Ambiente, pela Universidade Federal do Tocantins (UFT). “Eu tentei desmistificar a própria concepção que se tem de ambiente, desse olhar para a floresta, abordando a atmosfera da prisão, especificamente da escola que funciona aqui dentro”, comenta Silva. O objetivo do professor foi mostrar as incoerências que existem no projeto pedagógico atual, a fim de aperfeiçoar a metodologia e adotar uma proposta especificamente voltada para o ensino prisional.

Segundo Silva, é preciso conhecer melhor o funcionamento da cadeia, qual o processo que se institui dentro da prisão. “Na verdade, a prisão é apenas a ponta de um iceberg muito maior, que se manifesta num processo de exclusão social. E eu acredito que nós, professores, temos que adentrar a escola na prisão mais no sentido de aprender o que se institui aqui dentro, principalmente porque tivemos uma formação para trabalhar em escolas ‘extramuro’”, analisa.

COMPARTILHE:


Confira também:


Alerta

Brasil tem 16 estados com surto ativo de sarampo; Tocantins está fora da lista

O último boletim aponta que são 24.011 casos suspeitos no país, sendo que 17.713 (73,8%) estão em investigação e 2.957 (12,3%) foram descartados.

Turismo

Ayres quer debater turismo e preservação do Jalapão em audiência pública

No requerimento, o parlamentar solicita a presença dos órgãos estaduais para que possam unir forças e atuações em prol do desenvolvimento sustentável e ambiental correto da atividade turística na região.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira