Monday, 16 de September de 2019

ESTADO


Brasília

Em defesa dos produtores de leite, Tiago Dimas cobra soluções e apoio para o setor

08 Sep 2019    13:33
Daniel Machado Em defesa dos produtores de leite, Tiago Dimas cobra soluções e apoio para o setor

O deputado federal Tiago Dimas (SD-TO) saiu em defesa dos produtores de leite do Brasil e do Tocantins, pedindo que o governo federal ajude a providenciar soluções e apoio para o setor. Para o parlamentar, é absurdo o volume de leite e derivados importado pelo Brasil, em se considerando o tamanho do rebanho do país (mais de 215 milhões de cabeças de gado). Além disso, apontou uma série de outros problemas do setor. “Ficou muito entristecido ao ver que o produtor do leite vende o seu produto a um preço menos do que uma garrafa de água”, salientou.

A defesa foi feita em audiência pública nesta quinta-feira, 5 de setembro, na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados.

O congressista é membro da comissão e vem demonstrando preocupação com o setor desde que iniciou o seu mandato. A audiência pública teve como tema. Os problemas enfrentados pelos setores da cadeia produtiva do leite. O debate contou com as presenças de representantes do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), do Ministério da Economia, do Sindileite-BA (Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do Leite do Estado da Bahia) e da Abraleite (Associação Brasileira dos Produtores de Leite).

Na audiência, Tiago Dimas ressaltou que, só no Tocantins, são 7 mil produtores, que conseguem geral 208 mil litros por dia. A maioria dessas pessoas, conforme o deputado, está passando dificuldades. “Infelizmente, muitos não conseguem nem mais pedir socorro, estão deixando o setor”, disse, ao lembrar que a realidade dos produtores é muito difícil, com um trabalho que se inicia às de madrugada, por volta das 4 horas.

O deputado destacou que o preço pago ao produtor está muito baixo, mesmo agora em período de seca, quando historicamente o valor é melhor. “O produtor gasta em insumos, em ração e não tem o retorno. Tenho informação de Pequizeiro, de um grupo que produz de 10 mil a 13 mil litros por dia, que está com as atividades paralisadas. Quando eles mais precisam, que é exatamente agora, período de seca, houve uma redução”, lamentou o parlamentar.

O deputado afirmou não ser correto o fato de o Brasil importar 29 mil toneladas de queijo e requeijão (produtos à base de leite) serem importadas por ano, enquanto o volume exportado mal passa de 10% dessa quantidade.

“Desde os anos 1970 os produtores de leite a reclamam das importações”, frisou Tiago Dimas, ao ressaltar que a derrubada das tarifas antidumping do leite da Nova Zelândia e da União Europeia trouxe mais problemas.

“Os outros países do mundo dão pesados subsídios aos seus produtores. Nós precisamos mudar a nossa política”, ressaltou o parlamentar, ao destacar que uma das reivindicações do setor é uma linha de crédito específica para que os produtores possam investir em tecnologia.

No debate, os representantes do governo federal mostraram as medidas que a administração está fazendo para o setor e ressaltaram que a derrubada das tarifas antidumping foi uma decisão técnica.

Também ficaram abertos ao diálogo para que se possam promover medidas de melhorias.

COMPARTILHE:


Confira também:


Responsabilidade Fiscal

Governo anuncia que o Tocantins está enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal

O evento contou a presença de deputados federais, estaduais, secretários de Estado e outros auxiliares do Governo.

Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins

Processo seletivo tem 480 vagas contemplando todos os cursos da Unitins em Palmas, Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis. Inscrições são feitas exclusivamente pela internet


Ocorrência

Polícia Civil prende mulher suspeita de estelionato no sudeste do Estado

Mulher estava se passando por conselheira espiritual, mas na verdade aplicava golpes em pessoas do sudeste


Proibição

Adapec apreende carga de 10 toneladas de sementes de capim irregular na TO-050 entre Palmas e Porto Nacional

O proprietário da carga foi multado em R$ 2.700,00 e as sementes foram destruídas no aterro sanitário de Palmas.


Tocantins

Adetuc e consultores reúnem-se para definir implantação do Observatório do Turismo do Tocantins


Educação

Com palestras, professor da Rede Municipal de Palmas motiva alunos a enfrentarem obstáculos


Preservação

Praias de Babaçulândia recebem o mutirão de limpeza do projeto Praia Limpa, Praia Viva


Pagamento do FGTS

Caixa estende horário de atendimento amanhã e abre no sábado


Preservação

APA Ilha do Bananal Cantão dedica programação ao Dia Nacional do Cerrado


Visita

Antonio Andrade recebe alunos na Assembleia



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira