Tuesday, 25 de February de 2020

ESTADO


Incentivo

FCT lança editais de montagem e circulação de espetáculos cênicos

13 Feb 2009

Com uma expressiva presença de artistas cênicos e de outras áreas e de produtores culturais do Estado, foram lançados, na manhã desta quinta-feira, 12, na Galeria de Arte Mauro Cunha, localizada na sede da Fundação Cultural do Tocantins, os editais de incentivo às artes cênicas. 

Visando atender as necessidades da área, a Fundação Cultural lançou dois editais, sendo um para a motagem de espetáculos de teatro, dança e arte circense e o outro para a circulação de espetáculos de dança e teatro. Com o lançamento a FCT fechou a o ciclo de politica publicas de incentivo a cultura, que teve início com o lançamento do Edital da Bolsa de Publicações Dr. Maximiano Teixeira, e prosseguiu com os lançamentos dos editais de seleção de artistas para o Projeto BR Arte e Cultura e de uso da Galeria de Arte Mauro Cunha.

O evento, conduzido pelo presidente da instituição, Júlio César Machado, contou também com a presença do subsecretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, João Cruz; do presidente do Conselho Estadual de Cultura, Sérgio Lorentino; da gerente regional do Bando da Amazônia no Tocantins, Marisa Maracaípe; da presidente do Conselho Municipal de Cultura de Palmas, Kátia Maia Flores, da prefeita de Pequizeiro, Arlete José Pereira do Nascimento, da coordenadora de artes Cênicas da FCT, Doralice Mota; entre demais autoridades e artistas.

Segundo a coordenadora de artes cênicas da Fundação Cultural, Doralice Mota, a elaboração dos editais de arte cênicas foi feita de forma bastante democrática, onde desde sua formatação foram realizadas diversas reuniões com artistas, que apresentaram suas demandas que contribuiram na finalização do edital.

Doralice ressaltou sobre a regionalização do edital, onde a premiação foi dividida em três regionais, visando atender, de forma descentralizada, os municípios tocantinenses. "A regionalização além de beneficiar a classe artistica, atenderá principalmente a população do Estado, que serão os consumidores dos resultados dos projetos cênicos", finaliza.

De acordo com o presidente da Fundação Cultural, Júlio César Machado, "Este edital é apenas o ponta pé inicial, que visa oferecer incentivos às artes cênicas, e estamos à espera de sujestão e criticas, para melhorarmos ainda mais a recente política de editais, implantada pela FCT", explica.

O ator Ibis Alan, que junto com o seu grupo de arte circense de Porto Nacional, esteve diverdindo os presentes com suas brincadeiras, se mostou bastante contente por seu segmento está sendo contemplado pelos editais de arte cênicas, "Finalmente deixaremos de ser minimistas, nos limitando a apenas animar festa, e poderemos montar e fazer circular espetáculos, o que beneficia também os mágicos, malabaristas, entre outros", explica.

"A implantação da politica de editais pela Fundação Cultural vai possibilitar um grande avanço para a cultura tocantinense", é o que ressalta o ator e produtor cultural, Wettemberg, ele complementa, "nunca se fez feito tanto para as artes cênicas, como agora, e nós só temos a ganhar, tanto como no crescimento de produções como na sua qualidade".

Os editais de montagem e circulação de espetáculos cênicos já éstão disponíveis no sítio www.cultura.to.gov.br, e os interessandos em encaminhar o seu projeto terão até o dia 03 de abril para fazerem a sua inscrição. Maiores informações pelo telefone 63 3218 3372.

COMPARTILHE:


Confira também:


É festa!!!

Turismo durante o carnaval deve movimentar R$ 8 bi na economia

Pelo menos 36 milhões de brasileiros devem curtir a festa

Palmas

Programação do ‘Carnaval do Amor’ resgata memória afetiva com clássicos do forró

Participação especial e última atração da noite, a dupla ‘Alex e Matielo’ que além de levar ao público o sertanejo universitário, estilo carro-chefe de trabalho, eles também diversificaram seu repertório com o samba, brega funk e o forró.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira