Sunday, 23 de February de 2020

ESTADO


Apoio Petrobras

Filme produzido por pedreira tocantinense é gravado na cidade de Arraias

01 Aug 2014

Em setembro, a comunidade quilombola Mimoso, situada na cidade de Arraias, no Tocantins, irá conferir a trajetória de vida da “Mulher Guerreira”, filme dirigido, produzido e atuado pela pedreira tocantinense Carlúcia
Soares, 26 anos. A cineasta é uma das vencedoras do Concurso Nacional de Historias do Revelando os Brasis, projeto promovido pelo Instituto Marlin Azul e patrocinado pela Petrobras, que busca talentos em municípios com
menos de 20 mil habitantes, para habilitá-los a criar histórias e transformá-las em documentários.

Em “Mulher Guerreira”, Carlucia narra as dificuldades e o preconceito que enfrentou ao longo dos anos e como venceu cada obstáculo até se tornar mãe, esposa e profissional bem sucedida. Para dar vida à narração, a
tocantinense participou, durante duas semanas, de aulas de cinema e produção audiovisual ministradas na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), junto com outros 19 contemplados nesta edição do Revelando os
Brasis. As filmagens, que aconteceram mês passado, durante cinco dias, contaram com equipe formada por cinegrafistas, figurinistas e fotógrafos, além de figurantes da comunidade.

Concluída a fase de edição, a película será exibida durante as sessões de cinema itinerante, etapa final do projeto Revelando os Brasis. “Estou muito feliz em participar dessa iniciativa. Mais feliz ainda porque toda a comunidade me ajudou e se mobilizou durante as filmagens. Também estou ansiosa para mostrar minha história e inspirar as pessoas a buscarem os seus sonhos”, conta Carlúcia.

A equipe vencedora do concurso Revelando os Brasis 2014, de acordo com a coordenadora do projeto, Beatriz Lindenberg, é formada por dez professores, três jornalistas, dois produtores culturais, uma pedreira (Carlucia), um
vendedor, uma estudante, um sociólogo e um ferroviário aposentado. “A quinta edição está especial. As fases de filmagem foram interessantes. No caso do ‘Mulher Guerreira’, as alocações escolhidas pela Carlúcia, com
paisagens peculiares, imprimem uma qualidade a mais à produção. Certamente, teremos histórias muito interessantes para contar e mostrar”, pontua a coordenadora.

REVELANDO OS BRASIS
Com maior número de inscritos entre todas as edições (951 inscrições), o quinto concurso do Revelando os Brasis selecionou histórias de cidades das cinco regiões brasileiras. Há representantes das cidades de Barra de Santa
Rosa e Aparecida (Paraíba), Arroio do Sal (Rio Grande do Sul), Palmeiras (Bahia), Meruoca, Aiuaba e Uruburetama (Ceará), Arraias (Tocantins), Douradina (Paraná), Tabapuã e Corumbataí (São Paulo), Candeias do Jamari
(Rondônia), Irineópolis (Santa Catarina), Águia Branca e Vargem Alta (Espírito Santo), Brazópolis (Minas Gerais), São Domingos do Azeitão (Maranhão), Santarém Novo (Pará), Ladário (Mato Grosso do Sul) e Lajes (Rio
Grande do Norte).

Como nas edições anteriores, os filmes do projeto serão lançados em DVD com distribuição gratuita entre organizações sociais e culturais, bibliotecas, universidades e cineclubes de todo o Brasil. As notícias do projeto estão disponíveis no site www.revelandoosbrasis.com.br.

COMPARTILHE:


Confira também:


Turismo

Emendas parlamentares liberadas pelo Governo garantem Carnaval em vários municípios do Tocantins

A Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa avalia a documentação, libera as emendas e fiscaliza a aplicação financeira.

Folia

Agência de Metrologia dá dicas para evitar acidentes de consumo no Carnaval

Folião que vai viajar e se hospedar em hotel, pousada ou casa alugada deve estar atento às recomendações de segurança do Sistema de Monitoramento de Acidentes de Consumo do Inmetro




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira