Wednesday, 20 de March de 2019

ESTADO


ESTADO

Governo atende ao convite da Acipa e presta esclarecimentos aos empresários

09 Jan 2019    00:18
ACIPA Governo atende ao convite da Acipa e presta esclarecimentos aos empresários

Na tarde desta terça-feira, 8, durante a reunião de diretoria e associados na sede da Associação Comercial e Industrial de Palmas (Acipa), o presidente da entidade, Joseph Madeira, convidou o secretário de Comunicação do Estado, João Neto, para prestar esclarecimentos aos empresários sobre as demissões e o pagamento de fornecedores do Governo do Tocantins. “Em todas as nossas reuniões traremos uma figura pública para falar sobre as questões que afetam diretamente o comércio, a prestação de serviços e a indústria em Palmas. E, nesta primeira reunião, o convidado, secretário João Neto, fala sobre as demissões de mais de 20 mil servidores, o que causa preocupação para nós, empresários”, comentou o presidente Joseph.

O secretário falou por cerca de 20 minutos, esclarecendo os motivos que levaram o Governo a tomar a decisão dos cortes. “O estado do Tocantins, por muitos anos, foi um gerenciador de folha de pagamento. Então, não havendo investimentos, os empresários sofrem muito mais, a cidade sofre muito mais, o cidadão sofre muito mais, porque não é a maioria que está no serviço público. E, no processo que estávamos, se não houvesse uma ruptura, não conseguiríamos sair dessa situação, não iríamos, além de tudo, cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal e, mais importante, nós não iríamos conseguir mostrar para o Brasil que somos um Estado, e o Estado mais importante, logisticamente, para a federação. Nós estamos no centro do Brasil, com sete estados coligados, com um universo consumidor muito maior do que São Paulo, e não podemos aproveitar disso, porque estamos amarrados pagando folha de pagamento”, explicou o secretário João Neto.

Ao final, o secretário respondeu ao questionamento sobre o pagamento das empresas prestadoras de serviços para o Estado. “Vamos nos ater ao orçamento real, que é possível, e principalmente gastar só com o financeiro na mão. A proposta do governador Mauro Carlesse é fazer poucas despesas com o valor que tem, para pagar e não prometer muito, evitando a possibilidade de não conseguir cumprir”, enfatizou João Neto.

Essa foi a primeira reunião com a presença dos associados realizada pela gestão do presidente Joseph Madeira. A proposta, de acordo com o presidente, é que aconteça um encontro com os associados sempre na primeira terça-feira do mês. A reunião teve ainda uma palestra com o professor Doutor em Economia Empresarial e em Desenvolvimento de Negócios da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Alivinio Almeida.

COMPARTILHE:


Confira também:


Imbróglio

PGR pede informações sobre dinheiro depositado em conta da Lava Jato

Em nota à imprensa, após a decisão do ministro, a força-tarefa da Lava Jato disse que pediu a suspensão do fundo antes mesmo do pedido feito por Raquel Dodge ao STF.

Ocorrência

Polícia Civil prende dois suspeitos de tráfico de drogas no interior do Estado

Os policiais civis também cumpriram mandado de busca e apreensão na residência de M.T.C, sendo que, no local, foram encontrados uma balança de precisão e um aparelho celular.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira