Thursday, 29 de October de 2020

ESTADO


Conservação

Governo inicia entrega de drones e equipamentos para combate a incêndios em Unidades de Conservação

06 May 2020
Governo inicia entrega de drones e equipamentos para combate a incêndios em Unidades de Conservação

Nesta segunda-feira, 4, o Governo do Tocantins por intermédio do Naturatins (Instituto Natureza do Tocantins) iniciou a entrega de uniformes, equipamentos de trabalho noturno  e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) para equipes brigadistas das Unidades de Conservação (UCs). Entre os itens que estão sendo entregues, há veículos aéreos não tripulados (conhecidos popularmente como Drones), além de sopradores, coturnos, lanternas de cabeça, uniformes, EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), calças, gondolas, bonés com proteção da nuca, binóculos, óculos de proteção, botinas e muitos outros.

 

“O Governo do Estado inicia a entrega dos equipamentos de trabalho e segurança para as equipes brigadistas que atuam nas Unidades de Conservação. Esses drones vão colher informações para dar suporte ao planejamento e atuação das equipes nas atividades da queima, além da cobertura de imagens para o monitoramento e fiscalização de toda a área das Unidades de Conservação”, afirmou Sebastião Albuquerque, presidente do Naturatins.

 

“As atividades de queimas prescritas, de queimas controladas e de base comunitária já foram iniciadas. Grande parte desse material que começa a ser entregue prepara nossas equipes brigadistas para esse período de prevenção e também para o período de combate aos incêndios florestais. Os drones e os sopradores já começam a serem utilizados agora nas queimas de caráter preventivo”, pontuou Warley Rodrigues, diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins.

 

“Sempre nos preocupamos com a segurança de nossos brigadistas, devidamente equipados, capacitados, protegidos e uniformizados, para facilitar a identificação e sinalização, especialmente nas missões noturnas. O combate aos incêndios florestais é um trabalho muito importante, muito arriscado, que envolve profissionais com o compromisso de proteger nossos Parques, APAs (Áreas de Proteção Ambiental), Monumento Natural e o Centro de Fauna do Tocantins”, destacou o Tenente-coronel Bombeiro Peterson Ornelas, responsável pela Segurança Contra Incêndio Predial e Proteção das Unidades de Conservação do Naturatins.

 

Ainda segundo Peterson Ornelas, além dos materiais que começam serem entregues, as diretrizes para aquisição de outros materiais e equipamento, como as mochilas costais, que protege mais a coluna do brigadista e os capacetes, já foram encaminhadas. Ornelas esclarece que a entrega dos novos uniformes, equipamentos e materiais básicos, será realizada gradualmente, para preparar todas as equipes brigadistas das UC’s de responsabilidade do Estado. O Tenente-coronel ressalta que todo esse material chega para ampliar os kits que já foram entregues no ano passado e estão em uso. As botinas serão mantidas para o trabalho de monitoramento e os coturnos chegam para serem usados nas missões de combate.

 

Saiba Mais

 

A Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins considera importante que seja compartilhada algumas definições de termos, que ajuda o público entender e utilizar, quando o assunto é sobre o uso do fogo, conforme lista a seguir, como descreve a legislação.

 

Incêndio florestal - qualquer fogo não controlado e não planejado que incida sobre a vegetação, nativa ou plantada, em áreas rurais e que, independentemente da fonte de ignição, exija resposta;

 

Queima controlada - uso planejado, monitorado e controlado do fogo, realizado para fins agrossilvipastoris em áreas determinadas e sob condições específicas; 

 

Queima prescrita - uso planejado, monitorado e controlado do fogo, realizado para fins de conservação, de pesquisa ou de manejo em áreas determinadas e sob condições específicas, com objetivos pré-definidos em plano de manejo integrado do fogo; 

 

Uso tradicional e adaptativo do fogo - prática ancestral adaptada às condições territoriais, ambientais e climáticas atuais, empregadas por povos indígenas e povos e comunidades tradicionais em suas atividades de reprodução física e cultural, relacionada com a agricultura, a caça, o extrativismo, a cultura e a cosmovisão, próprias de sua gestão territorial e ambiental; 

 

Uso do fogo de forma solidária - ação realizada em conjunto por um ou mais agricultores familiares, por meio de mutirão ou de outra modalidade de interação, que abranja, simultaneamente, duas ou mais pequenas propriedades ou posses rurais familiares contíguas; 

 

Regime do fogo - frequência, época, tamanho da área queimada, intensidade, severidade e tipo de queima em determinada área ou ecossistema; 

 

Ecossistema associado ao fogo - aquele em que o fogo, natural ou provocado, cumpra papel ecológico em suas funções e seus processos; 

 

Prevenção de incêndios florestais - medidas contínuas realizadas no manejo integrado do fogo com o objetivo de reduzir a ocorrência e a propagação de incêndios florestais e os seus impactos negativos; 

 

Combate aos incêndios florestais - conjunto de atividades relacionadas com o controle e a extinção de incêndios desde a sua detecção até a sua extinção completa; 

 

Plano operativo de prevenção e combate aos incêndios florestais - documento de ordem prático-operacional, para gestão de recursos humanos, materiais e de apoio para a tomada de decisão no desenvolvimento de ações de prevenção e combate aos incêndios florestais, que tem como propósito definir, objetivamente, estratégias e medidas eficientes aplicáveis, anualmente, que minimizem o risco de ocorrência de incêndios florestais e seus impactos em uma área definida; e 

 

Manejo integrado do fogo - modelo de planejamento e gestão que associa aspectos ecológicos, culturais, socioeconômicos e técnicos na execução, na integração, no monitoramento, na avaliação e na adaptação de ações relacionadas com o uso de queimas prescritas e controladas e a prevenção e o combate aos incêndios florestais, com vistas à redução de emissões de material particulado e gases de efeito estufa, à conservação da biodiversidade e à redução da severidade dos incêndios florestais, respeitado o uso tradicional e adaptativo do fogo.

COMPARTILHE:


Confira também:


Ação

Governo do Tocantins entrega ônibus escolares a 13 Regionais de Educação no Dia do Servidor Público

As atividades de deslocamento de estudantes das Regionais até a capital do Estado será facilitada, bem com o intercâmbio de conhecimento entre unidades escolares


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira