Tuesday, 24 de April de 2018

Tuesday, 24 de April de 2018

ESTADO


ZEE

Governo promove oficinas técnicas do ZEE Tocantins

29 Jun 2017

As potencialidades socioeconômicas e as vulnerabilidades ambientais de Palmas e das cidades vizinhas foram o foco das oficinas de trabalho que discutiu o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) da região. A primeira atividade ocorreu na terça-feira, 27, e seguiram até a tarde dessa quarta-feira, 28, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), em Palmas.
 
 A oficina regional participativa de Palmas contou com a presença de atores sociais que representam instituições sediadas na região central do Tocantins. As oficinas são promovidas pela Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), e pelo Consórcio Senografia-Detzel-Hardt.
 
 "O objetivo é apresentar, à população local, os estudos de vulnerabilidades dos meios físicos e bióticos da região e as potencialidades socioeconômicas, além de envolver a sociedade, com suas experiências, na construção dessa importante ferramenta de gestão", afirmou Rodrigo Sabino, responsável técnico pela condução do ZEE da Seplan.
 
Instrumento de gestão
 
O Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) é uma ferramenta de consulta simples e objetiva, destinada a diferentes segmentos da sociedade. O ZEE permite identificar a potencialidade de cada região e orientar os investimentos do governo e sociedade civil para que sejam feitos conforme a vocação natural de cada região.
 
 De acordo com Bruno Abe Saber Miguel, representante do Ministério do Meio Ambiente, o ZEE é construído a partir da integração e minuciosa análise técnica de dados físicos, bióticos e socioeconômicos, tornando uma ferramenta estratégica de suporte ao planejamento territorial. "É por meio deste instrumento que Estado, sociedade e empreendedores terão como conhecer previamente vulnerabilidades e potencialidades das diferentes regiões do Tocantins a fim de orientar políticas públicas, planejamentos setoriais e investimentos", explicou.
 
 O evento, que é aberto à comunidade, é parte integrante do projeto de elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico do Tocantins. Atualmente, o projeto está em fase de participação social, momento em que se busca obter contribuições da sociedade civil organizada nas questões que envolvem o uso dos recursos naturais, desenvolvimento sustentável e estratégias de ordenamento territorial.
 
Concluídos os trabalhos, as informações geradas no projeto estarão disponíveis para toda sociedade. Participam das atividades representantes das prefeituras, câmaras de vereadores, setor produtivo, universidades, órgãos públicos, entidades representativas da sociedade civil, bem como a comunidade em geral. 
 
Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE)
 
De acordo com a Lei nº 6.938 que institui a Política Nacional de Meio Ambiente, o ZEE é um instrumento de planejamento do uso do solo e gestão ambiental que consiste na delimitação de zonas ambientais e atribuição de usos e atividades compatíveis segundo as características (potencialidades e restrições) de cada uma delas, visando o uso sustentável dos recursos naturais e o equilíbrio dos ecossistemas existentes.
 
 A elaboração do Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Tocantins está sendo conduzida pela Seplan e executada pelo consórcio Senografia - Detzel - Hardt, contratado por meio do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS).
 
 Os trabalhos para elaboração do Plano Zoneamento Ecológico-Econômico do Estado do Tocantins têm por objetivos gerais propor um planejamento do uso das paisagens e subsidiar a política de ordenamento territorial. As atividades foram iniciadas em meados de 2015 e devem ser concluídos no primeiro semestre do ano de 2018.

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

4

PARABÉNS!
PARABÉNS!

3

BOM
BOM

4

AMEI!
AMEI!

4

KKKK
KKKK

5

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

3

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

4

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Eleições 2018

PT Nacional tira partido de Amastha e coliga com a senadora Kátia Abreu

Kátia Abreu e o PT do Tocantins chegaram a iniciar o diálogo, mas a parlamentar não aceitou a indicação do advogado Célio Moura ou da secretária-geral petista, Márcia Barbosa, para vice-governador na chapa.

Guaraná Antarctica

Guaraná Antarctica mostra em nova campanha o que é capaz de fazer pela Seleção Brasileira

O refrigerante mais brasileiro de todos suspende exportação para países adversários do Brasil até o final de julho. O que é original do Brasil, fica no Brasil, para fortalecer a nossa seleção


Saúde

Empenhados mais de R$ 1,7 milhão em emendas da saúde da deputada Dorinha

O Ministério da Saúde empenhou na última semana mais de R$ 1,7 milhão em emendas impositivas que foram destinadas pela deputada Professora Dorinha (Democratas/TO) que beneficiam dez cidades tocantinenses


Meio Ambiente

Naturatins discute a redução de peixes nos rios tocantinenses e a construção de barragens

O professor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o doutor Fernando Pelicice, discorreu sobre os Impactos da construção de barragens sobre a ectiofauna


Eleições 2018

Márlon Reis anuncia coronel Edvan como vice dizendo que são os únicos que podem fazer a mudança de verdade no Tocantins


Eleições 2018

PSDC do Tocantins se rebela, deixa base de Amastha e apoia Kátia Abreu


Panorama

TIM acelera a Transformação Digital em uma nova parceria com a Microsoft em Inteligência Artificial


Polícia Civil

Polícia Civil prende suspeito de estuprar e engravidar criança de 11 anos no Extremo Norte do Estado


Exames Médicos

Equipes de UTI de Palmas realizam exames médicos gratuitos em 1200 alunos da ETI Almirante Tamandaré


Apaes

Deputada Dorinha indica a Federação das Apaes do TO para o prêmio Brasil Mais Inclusão



  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira