Tuesday, 31 de March de 2020

ESTADO


Lançamento

Livro "Por baixo do pano" mostra a história da calcinha

17 Jul 2009

Não existe outra peça no vestuário da mulher que tenha sido alvo de reações tão diferentes do que a calcinha. Ela também foi o motivo de rostos corados, risadas francas e até constrangimento.

Sua história ao longo dos anos, a evolução e importância dessa peça estão descritas no livro “Por baixo do pano – A história da calcinha”, da autora inglesa Rosemary Hawthorne (Matrix Editora).

São pouco mais de dois séculos de existência – e isso não é quase nada se comparado a outras peças do vestuário.

Tudo começa em 1790, quando os ventos da moda sofreriam uma mudança drástica de direção. A Revolução do Povo que irrompeu na França levou a uma simplificação geral do vestuário na Europa inteira, e as mulheres passaram a usar elegantes vestidos de cintura alta inspirados na vestimenta das gregas antigas. Confeccionados em fina musselina, os chamados “vestidos império” eram tremendamente sensuais e estavam no auge da moda – mas também deixavam as partes baixas um tanto arejadas demais. E, assim, foi por volta de 1800 que as calcinhas tiveram sua primeira grande chance de fazer História.

O primeiro modelo a aparecer no mercado, chamado de calção ou pantaloon, em geral chegava abaixo dos joelhos ou até os tornozelos e era feito de um tecido “cor de carne” semelhante ao das meias finas. Consta que ele foi adotado apenas pelas mulheres importantes do Diretório Francês e por algumas das damas mais ousadas da sociedade ocidental, sintonizadas com a vanguarda da moda.

Já na Inglaterra, Em 1901, com o falecimento da Rainha Vitória, seu filho mais velho, Edward VII - subiu ao trono. E, durante os seus nove anos de reinado, as mulheres inglesas trajaram belas roupas, pois não era segredo que o Rei  admirava a beleza feminina, e toda a Corte e a alta sociedade refletiam as preferências reais favorecendo mulheres elegantes e bem-arrumadas.

Passando ainda pela feminista americana Amelia Bloomer e chegando até o fio-dental, o livro mostra que a calcinha está relacionada tanto à moda quanto aos direitos da mulher.

 

 

Você sabia...

- Que antes de 1800 nenhuma mulher respeitável usava calcinhas?

- Que as mulheres vitorianas vestiam, por baixo das suas anáguas, calçolas que cobriam parte das pernas?

- Que na época da Segunda Guerra as europeias tricotavam à mão as suas próprias calcinhas?

 

 

Sobre a autora

Rosemary Hawthorne formou-se em Artes Dramáticas pela Royal Academy antes de voltar seus interesses para o estudo do vestuário. E, a partir de então, tornou-se a maior autoridade britânica em História da Roupa Íntima, acumulando um vasto acervo pessoal de peças de interesse histórico. Hawthorne é conhecida hoje no Reino Unido como Knicker Lady, a Dama das Calcinhas, nome do espetáculo solo que apresenta com sucesso nos palcos do país. 

 

Sobre a Matrix Editora

A Matrix é a única editora no Brasil especializada em livros de humor e bem-humorados. Em seu catálogo de autores constam nomes como Millôr Fernandes e Steve Martin, além de best-sellers como “Chaves – Foi sem querer querendo?” e “Mothern”.

 

Por baixo do pano – A história da calcinha – 136 páginas

Preço – R$ 21,90

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Força Nacional vai atuar na prevenção e combate ao novo coronavírus

A medida vai vigorar por 60 dias, mas poderá ser prorrogada


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira