Tuesday, 25 de February de 2020

ESTADO


Arte

Menna Barreto tem projetos para o Tocantins

05 Nov 2008

Parte das obras da artista Sônia Menna Barreto que está em exposição na Galeria Magenta em Palmas, rederam além do recorde de visitas no local, uma perspectiva de quanto o público palmense tem apreciado obras de artes e até elaborado interpretações acerca do universo surreal da artista. “Percebi que Palmas além de ser uma cidade empreendedora e que respira prosperidade é uma capital de gente que gosta de arte”, disse a artista ao falar da satisfação em expor suas obras na Capital.

Na exposição que leva seu próprio nome, “Sônia Menna Barreto” apresenta os trabalhos mais significativos de sua carreira. Com pinceladas densas e com grande jogo de luz e sombra, suas obras abordam de forma lúdica, temas urbanos, personagens de cinema e objetos presentes em seu cotidiano como livros, cadernos, lápis, e até a recriação de fotos antigas.

Sob influencia francesa, as 16 obras da autora seguem a técnica trompel’oeil, que por sua origem significa “engana o olho”. “Ou seja, são obras que trazem expressões lúdicas de objetos que não existem realmente”, explicou a autora a O GIRASSOL. Para ela, a interpretação do ilusionismo é uma oportunidade de poder despertar o imaginário das pessoas. As telas “Film Festival” que traz um apanhado de grandes personagens de cinema, e “Brasil”, que ilustra com riqueza de detalhes as riquezas naturais do país são alguns destaques.

Reconhecida mundialmente, a artista já trilhou diversos lugares do mundo levando história através da arte e da técnica. Sobre sua trajetória Menna Barreto destaca o reconhecimento do publico que durante os anos prestigiou o seu trabalho. Leonard Cheshire tornou-se a primeira obra brasileira a integrar o Royal Collection que pertence a família real britânica, uma das coleções mais importantes do mundo.

Menna Barreto diz apostar na capital para elaborar maiores trabalhos e levar a arte aos mais diversos públicos do Estado. “Tenho a pretensão de elaborar um projeto maior em Palmas após a exposição, para assim intensificar a nossa participação com esse público”. A artista ressalta “que ainda está em caráter de estudo” a realização de um outro trabalho, mas acredita na capital como difusora da arte e da cultura. “Aí eu sinto um clima agradável de prosperidade no ar”, finalizou.

 

Ainda há tempo

A exposição segue até o dia 14 de novembro, de segunda a sexta, das 10 às 19 horas e aos sábados das 10 às 14 horas na Galeria Magenta em Palmas.

COMPARTILHE:


Confira também:


É festa!!!

Turismo durante o carnaval deve movimentar R$ 8 bi na economia

Pelo menos 36 milhões de brasileiros devem curtir a festa

Palmas

Programação do ‘Carnaval do Amor’ resgata memória afetiva com clássicos do forró

Participação especial e última atração da noite, a dupla ‘Alex e Matielo’ que além de levar ao público o sertanejo universitário, estilo carro-chefe de trabalho, eles também diversificaram seu repertório com o samba, brega funk e o forró.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira