Thursday, 12 de December de 2019

ESTADO


PID

Permissão Internacional para Dirigir é aceita em mais de 100 países e tem rápida emissão no TO

29 May 2019
Antonio Gonçalves Permissão Internacional para Dirigir é aceita em mais de 100 países e tem rápida emissão no TO

Documento aceito em mais de 100 países, a Permissão Internacional para Dirigir (PID) tem rápida emissão após a finalização do processo no Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), demorando em média três dias úteis para sua entrega.

A PID possui validade de três anos que pode ser reduzida se a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) expirar primeiro, pois é um documento conjunto. Ela é aceita em países que assinaram a Convenção de Viena, em 1968, permitindo o trânsito viário entre eles, além de ser aceito em outros países que mantêm o Princípio de Reciprocidade com o Brasil. A PID é traduzida em sete idiomas.

Normalmente, o documento é exigido apenas para quem quer ter o direito de conduzir um veículo por mais de 180 dias nos países que fazem parte da convenção, antes deste período, apenas a CNH normal é suficiente. Ainda assim, o próprio Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) recomenda a emissão da PID até mesmo em viagens curtas, já que é um documento internacionalmente reconhecido e traduzido, onde podem ser checadas as informações do condutor para evitar possíveis transtornos.

A PID só pode ser solicitada no mesmo estado de registro da CNH, emitida pelo Detran em um processo simplificado, na qual cada unidade tem liberdade para fixação da taxa de serviços. Ou seja, se sua Carteira de Habilitação foi tirada no Tocantins, você só poderá solicitar a emissão da PID no Detran/TO.

Ao ser expedida no Brasil, a Permissão não é reconhecida em substituição a CNH, conforme rege o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). De acordo com o Detran/TO, caso o condutor tenha sua Carteira de Habilitação recolhida em cumprimento de penalidade, em situações como suspensão do direito de dirigir e cassação do registro, se houver a PID expedida, esta também será recolhida. Na expedição da PID não poderá haver nenhuma alteração nos dados cadastrais do condutor, exceto mudança de endereço.

Como tirar a PID no Tocantins
Para solicitar a emissão da Permissão Internacional para Dirigir no Estado é necessário a entrega de cópias e apresentação dos originais da CNH expedida pelo Detran/TO e comprovante de endereço (em nome do condutor ou com declaração registrada em cartório). Além dos documentos exigidos, é importante que o condutor esteja com a CNH dentro do prazo de validade, expedido na Sistemática do Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) e com todos os débitos do seu prontuário quitados.

Após a entrega da documentação e o pagamento da taxa de serviço para a emissão da PID de R$ 106,97, o Detran disponibiliza a permissão ao condutor em até 3 dias úteis a partir da entrega do processo.

Para os motoristas que possuírem CNH em outro estado, o Detran Tocantins entra com o procedimento de transferência de prontuário e expedirá uma nova CNH, antes da solicitação do serviço.

Países Membros da Convenção de Viena
Em um acordo firmado em 1968, onde 100 países assinaram um documento que regulamenta sobre o Trânsito Viário, permitindo que as pessoas obtenham um documento unificado para condução veicular (PID) aceito entre os países membros da convenção: África do Sul, Albânia, Alemanha, Angola, Argélia, Argentina, Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Belarus (Bielo-Rússia), Bélgica, Bolívia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Cabo Verde, Cazaquistão, Chile, Cingapura, Colômbia, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Estados Unidos, Estônia, Federação Russa, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Grécia, Guatemala, Guiana, Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Indonésia, Irã, Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Marrocos, México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montenegro, Namíbia, Nicarágua, Níger, Noruega, Nova Zelândia, Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), República Centro – Africana, República Democrática do Congo, República Checa, República Dominicana, Romênia, San Marino, São Tomé e Príncipe, Seychelles, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça, Tadjiquistão, Tunísia, Turcomenistão, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela e Zimbábue.

Países com Princípio de Reciprocidade com o Brasil

Angola, Argélia, Austrália, Canadá, Cabo Verde, Cingapura, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica, El Salvador, Equador, Estados Unidos, Gabão, Gana, Guatemala, Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Indonésia, Líbia, México, Namíbia, Nicarágua, Nova Zelândia, Panamá, Portugal, Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales), República Dominicana, São Tomé e Príncipe, e Venezuela.

COMPARTILHE:


Confira também:


Governo Municipalista

Ao lado de Bolsonaro, governador Carlesse afirma que Governo Municipalista vai gerar mais de 20 mil empregos no Tocantins

Os recursos também serão usados para a construção da nova ponte de Porto Nacional. A obra deve levar aproximadamente dois anos e quatro meses para ser concluída.

Ação

TIM é a primeira operadora a ser nomeada empresa Pró-Ética pela Controladoria-Geral da União

Para receber essa habilitação, o Programa de Integridade da TIM passou por uma criteriosa avaliação de um comitê gestor formado por membros da CGU, do Instituto Ethos, da B3, entre outros.


13º salário

Assembleia antecipa 13º salário dos servidores para esta sexta-feira

A folha do 13º soma R$ 6,5 milhões que, somados aos salários de novembro, pagos no último dia 2, no valor de mais de R$ 13 milhões, totalizam quase R$ 20 milhões injetados na economia tocantinense, neste mês de dezembro.


TJTO

Desembargador Ronaldo Eurípedes nega pedido de liberdade provisória a Iury Italu Mendanha

E arrematou sua decisão ponderando que, “em detida análise da ação penal originária, não se verifica desídia ou omissão, seja da autoridade judiciária ou do Ministério Público, que estão exercendo seus respectivos encargos de forma devida e em conformidade


Seciju

Governo do Tocantins realiza dia D de atendimentos em alusão ao Dia Internacional dos Direitos Humanos


Sustentabilidade

Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Lontra e Corda elege novos membros e mesa diretora


Boas novas

Governo apresenta resultados de projetos do Turismo de Base Comunitária no Jalapão, em Brasília


Europa

Comitiva do Tocantins é recebida na Embaixada Brasileira em Madrid


Melhorias

Rodovia que liga Taquaruçú a Buritirana recebe manutenção corretiva e preventiva


Intercâmbio Cultural

Vice-governador e Presidente da Ilha Príncipe manifestam Interesse em Programa de Intercâmbio Cultural



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira