Wednesday, 02 de December de 2020

ESTADO


Brasil

Pobres trabalham o dobro dos ricos para pagar impostos, aponta estudo do Ipea

30 Jun 2009

O Ipea divulgou nesta terça (30), em sua sede em Brasília, o Comunicado da Presidência nº 22: “Receita Pública: Quem paga e como se gasta no Brasil”. Estudo mostra que os mais pobres têm de trabalhar quase duas vezes mais que os ricos pela arrecadação tributária atual. (CLIQUE AQUI para baixar o estudo)

Como primeiro fruto de um acordo entre o Ipea  e a Receita Federal do Brasil (RFB), foi divulgado o comunicado que apresenta a estimativa do instituto para a Carga Tributária Bruta de 2008 e sua divisão ao longo do ano, per capita, com a quantidade de dias com que cada cidadão contribui para o financiamento do Estado e das políticas públicas.

O Comunicado destaca que mais importante é a percepção de que a carga tributária não onera de forma equânime todos os brasileiros. O que significa dizer que, se o cidadão brasileiro destinou, em média, 132 dias para o pagamento de tributos em 2008, há enormes desigualdades que devem ser mais bem estudadas e combatidas.

Dos cidadãos mais pobres terminou sendo exigido um esforço equivalente a 197 dias, enquanto que os cidadãos mais ricos aportariam 106 dias – três meses a menos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Governo do Tocantins libera R$ 4 milhões do Crédito Popular e beneficia mais de 760 famílias

Em apenas 60 dias após o seu lançamento, a linha Crédito Popular, inicia o mês de dezembro com a liberação de crédito para famílias tocantinenses


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira