Sunday, 23 de February de 2020

ESTADO


Aragominas

Polícias Civil e Militar localizam plantação de maconha em ilha tocantinense

18 Jan 2020
Polícias Civil e Militar localizam plantação de maconha em ilha tocantinense

Operação conjunta realizada pelas polícias Civil e Militar resultou na localização de uma plantação de cerca de um hectare e meio de maconha em uma ilha localizada no rio Araguaia próximo ao município de Aragominas. Denominada “Operação Recobrimento”, a ação policial contou com o efetivo das delegacias da regional de Araguaína, da Força Tática da Polícia Militar e do Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER.

 

As investigações ficaram por conta da Polícia Civil e contaram com o apoio da Polícia Militar. Segundo informações coletadas no local das plantações, foram destruídos cerca de 1,5 mil metros quadrados do entorpecente, o que equivale a mais de um hectare de plantação.  De acordo com o delegado Guilherme Torres, cerca de 16 policiais participaram da Operação. Denominada Ilha Branca, o local é distante a cerca de 80 quilômetros da cidade de Aragominas, no Norte do Estado.

 

De acordo com o delegado, a ilha servia para cultivo do entorpecente. Ao identificarem a presença dos policiais, os suspeitos evadiram-se do local. “conseguimos localizar uma vasta plantação em diversos estágios. Desde pequenas mudas até árvores frondosas”, afirmou.

 

Polícia Militar

De acordo com o Tenente Coronel Valdeonne Dias, a operação foi batizada pela Polícia Militar. “Recebemos a solicitação da Polícia Civil no apoio operacional e contamos também com o nosso efetivo da Força Tática. Para adentrar à ilha, utilizamos também uma embarcação da Polícia Militar”, ressaltou.

 

Segundo informações das Forças de Segurança, o material foi incinerado ainda no local e amostras das plantas foram encaminhadas para análises junto à perícia científica.

COMPARTILHE:


Confira também:


Especial

Entenda os limites para o comportamento no Carnaval; novas leis endurecem excessos

Pelo segundo ano consecutivo, os brasileiros vão brincar tendo como limite a Lei 13.718/2018, que criou o crime de importunação sexual


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira