Thursday, 09 de April de 2020

ESTADO


UFT

Selecionados para a especialização lato sensu em Transtorno do Espectro podem efetivar matrícula

24 Mar 2020

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) alterou algumas ações do processo seletivo para professores do curso de pós-graduação lato senso em Transtorno do Espectro Autista (TEA) no âmbito das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, promovido em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). A medida ocorreu em decorrência da pandemia do Covid-19 (novo coronavírus).

De acordo com o documento, publicado nesta segunda-feira, 23, os candidatos selecionados para o curso devem iniciar o processo de matrícula à distância. Para tanto, devem preencher e assinar a declaração de veracidade das informações para o procedimento de matrícula, que se encontra em anexo, e enviá-la para o e-mail tea-tdic@uft.edu.br, até a data final de matrícula. Conforme está no cronograma, a data final para a matrícula será dia 25 de março.

Ainda conforme o documento, após a efetivação da matrícula, a coordenação do curso informará aos alunos sobre a situação das aulas na Universidade, visto que a reitoria através do comitê de governança suspendeu, por medida de segurança, as aulas por tempo indeterminado.

A coordenação informa que estará disponível através do e-mail: tea-tdic@uft.edu.br durante todo o período de espera para início das atividades. A alteração nas ações visa o cumprimento do calendário acadêmico sem prejuízo aos cursistas.

Foram ofertadas 50 vagas para professores da rede estadual de ensino. A relação, com os nomes dos candidatos selecionados, bem como os anexos estão disponíveis no site da Seduc http://abre.ai/aSHM.

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins registra 23 casos do novo Coronavírus

São 23 casos confirmados nos município de Palmas, Araguaína, Dianópolis e Gurupi.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira