Tuesday, 31 de March de 2020

ESTADO


Audiovisual

"Telinha de Cinema" retoma atividades e aposta no empreendedorismo juvenil

18 Aug 2009

O projeto Telinha de Cinema retoma suas atividades nesta terça-feira, com 30% mais de jovens matriculados do que nas turmas do primeiro semestre. Foram abertas 40 vagas para turma matutina e vespertina, mas a partir de amanhã, 64 jovens estudantes de sete escolas da região dos Aureny´s e Taquaralto iniciarão o curso de vídeo de bolso, na sede do projeto no Jardim Aureny I. Durante os próximos 5 meses estes jovens irão desenvolver habilidades tecnológicas, artísticas e sociais através da produção de filmes usando o telefone celular e outras tecnologias.

Após o trabalho de mobilização em sete escolas públicas da região dos Aureny´s e Taquaralto, além de associação de comunitárias e outras entidades, a procura por vagas no curso de vídeo de bolso dobrou, em relação ao semestre passado, chegando a levar a coordenação do projeto a criar uma lista de espera, onde mais de 20 jovens aguardam a oportunidade.

Apostando no Empreendedorismo Juvenil

A novidade deste semestre é a criação do Núcleo de Empreendedorismo e Inovação – NEI. Trata-se de um desdobramento do projeto Telinha de Cinema voltado para jovens que já passaram pelo curso de vídeo de bolso e que agora vão aprofundar seus conhecimentos na arte e na tecnologia de produção multimídia e desenvolver produtos e serviços inovadores, como programas interativos para web TV, transmissão scream e Marketing Bluetooth .

O NEI funcionará como um coletivo de realizadores em regime de cooperativismo, integrando a produção do grupo com o mercado local.

O projeto Telinha é composto ainda com o Telinha na Escola, rede de núcleos escolares onde professores da rede pública estadual  de Rondônia,  desenvolvem o curso de vídeos de bolso voltado para a produção de conteúdos educativos, tendo como temas, conteúdos curriculares. (Informações da Ascom/Telinha de Cinema)

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Força Nacional vai atuar na prevenção e combate ao novo coronavírus

A medida vai vigorar por 60 dias, mas poderá ser prorrogada


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira