Saturday, 24 de October de 2020

GERAL


Interior

100% das presas da Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso participam de atividades de ressocialização

24 Dec 2018
100% das presas da Unidade Prisional Feminina de Pedro Afonso participam de atividades de ressocialização

Na Unidade Prisional Feminina (UPF) de Pedro Afonso, 100% das reeducandas que cumprem penas participam de atividades de ressocialização, na forma de trabalho e estudo, direitos esses garantidos pela Lei de Execução Penal (LEP). Diariamente, as 18 detentas trabalham na jardinagem, em serviços gerais, no cultivo de hortaliças e produzem artesanatos. Além disso, estão regularmente matriculadas na rede estadual de ensino e participam de projetos de leitura. Tudo conta na remissão de pena.

Segundo a diretora da unidade prisional, Renata Bezerra, com esse resultado, a UPF atingiu em plenitude o que diz a LEP, no que tange às oportunidades de reintegração social ou ressocialização. “O trabalho da pessoa condenada tem finalidade educativa e produtiva, podendo ser realizado no interior do estabelecimento penal ou fora dele, bem como o acesso à assistência educacional que também é um direito garantido à pessoa privada de liberdade”, situa.

Ainda segundo a diretora, a comunidade de Pedro Afonso tem a tradição de tentar dar o máximo de oportunidades às detentas, no sentido de elas se reabilitarem. “Para isso, todo mundo colabora. O Conselho da Comunidade da Execução Penal é bem proativo, o Judiciário é extremamente participante e a Secretaria de Educação Estadual é uma grande parceira. Então, todo esse esforço culmina com o trabalho, e nós conseguindo ótimos resultados”, atesta a diretora.

O presidente do Conselho da Comunidade da Excussão Penal de Pedro Afonso, Luiz Meneses da Rocha, que já trabalha há 24 anos com pessoas que sofrem restrição de liberdade, prega que amor é o remédio para todos os males do ser humano. “Preso para mim é uma pessoa comum, com o diferencial de que cometeu um erro por falta de oportunidade ou por vaidade. O que a gente faz aqui é tentar dar uma chance e orientar essas pessoas para que se tornem serem humanos melhores. Enfim, oferecemos amor, que é um ótimo remédio para pessoas que se encontram em dificuldades”, disse.

Terapia
A reeducanda J. L. V. faz questão de participar de todas as atividades, pois ajuda a conviver com a pena e funciona como terapia ocupacional. “Eu sempre participo de todas as atividades, pois além de ter os benefícios da remissão de pena, do aprendizado e do financeiro, faz com que o tempo passe mais rápido. Quando não tem nada para fazer, a cadeia se torna muito dura”, declara.

Sem distinção
A gerente da Assessoria Jurídica da Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), Gabriela Moura, explica que para fins de remissão, a lei não faz distinção entre apenado provisório ou condenado. “O trabalho realizado pelo preso provisório é computado e arquivado pelo cartório da unidade prisional, sendo que na execução penal provisória ou definitiva é juntado nos autos o relatório para fins de remir a pena”, explica.

Para o subsecretário da Seciju, Geraldo Divino Cabral, a ressocialização é um dos objetivos primordiais do governo. “A Secretaria está sempre atenta a esta demanda de proporcionar a ressocialização no cumprimento da pena. Afinal, também é nosso papel fomentar a reinserção social para todos os custodiados”, garante.

Segundo Cabral para que as políticas de ressocialização funcionem como êxito é preciso o engajamento e a participação de toda a sociedade. “Quando se trata de ressocialização, temos que ter em mente que não é somente a Secretaria que carrega essa responsabilidade, pois outras instituições e empresas, e até a sociedade, também devem contribuir para esse trabalho social de extrema importância”, avisa.

COMPARTILHE:


Confira também:


COVID-19

Tocantins contabiliza 236 novos casos confirmados da Covid-19, sendo 82 das últimas 24h

Dos 236 novos casos 84 foram detectados por RT-PCR, 24 com sorologia e 128 através testes rápidos.

TRE

Cidadania: cartilhas bilíngues chegam aos povos indígenas da Ilha do Bananal

A equipe da Justiça Eleitoral segue com as entregas até esta sexta-feira (23/10) visitando as aldeias Macaúba, São João Fontoura e Santa Izabel


Eleições 2020

Cinthia diz que aumentará investimentos para a juventude com o projeto Qualifica PMW

Para impulsionar a economia pós-pandemia, Cinthia afirmou que irá criar um mecanismo legal para conceder benefício fiscal de Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN) e de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU)


Portaria

Tocantins fixa início da Piracema para o próximo dia 1º de novembro

A Portaria do Naturatins traz as proibições e as exceções, para a prática da pesca no Estado durante o período de defeso


Palmas

Alan Barbiero comemora aniversário de 20 anos da lei que criou a UFT


Ocorrência

Em Palmas, homem suspeito de repassar moeda falsa é detido pela Polícia Civil


Unirg

Governo do Estado integra programação da 6ª Semana de Ciência e Tecnologia de Gurupi


Eleições 2020

Cinthia publica edital de licitação para a Feira da Promessa, em Taquaralto; investimento de R$ 1,7 milhão


Covid-19

Programa de atendimento psicológico e social remoto da Segurança Pública realiza mais de 300 atendimentos


Eleições 2020

Subprefeito de Luzimangues será morador do distrito, garante Otoniel



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira