Monday, 21 de September de 2020

GERAL


A gangorra estratégica das vendas natalinas

15 Dec 2009

*Dalmir Sant’Anna

Durante alguns momentos, observo em um parque infantil, duas crianças que brincam em uma gangorra. Não é somente o movimento deste brinquedo que chama minha atenção, mas também a fisionomia que a pessoa reage ao chegar acima, com sorrisos. Assim como também o esforço físico de quem está abaixo. A criança tenta superar seus próprios desafios para conseguir subir.

Ao aproximar o período das vendas natalinas, percebo o quanto alguns empresários, gestores, gerentes e profissionais de vendas almejam impulsionar a gangorra de sua empresa para subir o faturamento, a comissão e o desejo de surpreender cada cliente para vender mais. Este período em que a gangorra está embaixo pode ser o momento de preparar e treinar os funcionários, organizar a loja, as vitrinas e impulsionar as vendas, assim como o período em que a gangorra está no alto representa o momento de agir, de estar em contato com o cliente e obter resultados. As sugestões abaixo são para você aplicar e usar como referencial para elevar a gangorra das vendas.

Fomente o espírito natalino nos colaboradores - O Natal tem o significado de nascimento, onde as pessoas realizam festas de confraternização e reúnem os amigos para celebrar o espírito natalino. O ato de comprar presentes como uma forma de reconhecimento, acompanha esses sentimentos. Desta forma, é extremamente importante que os profissionais de vendas estejam preocupados em entender a emoção que os clientes trazem na intenção de compra. Além de oferecer soluções, produtos, serviços e de atender as necessidades do consumidor, o profissional de vendas precisa perceber que não basta apenas vender, mas compreender o objetivo e o significado daquele presente.

Este produto é muito caro para a senhora - Fiquei surpreso com o que uma amiga relatou sobre a experiência de entrar em uma loja, disposta a comprar um lençol de seda. A balconista da loja, olhou para ela e respondeu: "Aqui temos este tipo de lençol, mas este produto é muito caro para a senhora!". Infelizmente há pessoas que trabalham no comércio e julgam o cliente pela aparência física, pelo estilo de suas roupas e são capazes de fazer críticas de um perfil de consumidor que desconhecem. Cuidado com os julgamentos e lembre que um produto ou serviço pode ser caro para você, entretanto, para outras pessoas pode ser algo natural.

Ofereça diferenciais, inove! - Os clientes estão em busca de produtos e serviços que proporcionam facilidades e comodidade. Cada empresa pode, em sua área, oferecer um diferencial. Pense o que pode facilitar a vida do seu cliente. O que sua empresa pode oferecer? Cestas natalinas, entrega das compras a domicílio, no caso de um comércio no setor de vestuário, a disponibilização de uma costureira para consertos imediatos pode ser uma boa estratégia.

Demonstre empenho e acredite que o período das vendas natalinas pode e será um momento mágico para você vender ainda mais. Agora responda: você já preparou sua equipe para impulsionar as vendas natalinas e fidelizar o cliente?
 
Dalmir Sant’Anna é palestrante comportamental, mestrando em Administração de Empresas, pós-graduado em Gestão de Pessoas, bacharel em Comunicação Social e mágico profissional. Autor do livro "Menos pode ser Mais" (3ª edição). Visite o site: www.dalmir.com.br

COMPARTILHE:


Confira também:


Educação

Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais

Veja a evolução da retomada em todos os estados brasileiros

Saúde

Tocantins registra 259 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados. Destes, 46.178 pacientes estão recuperados, 16.379 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.



Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio

Neurocientista, filósofo e psicanalista Fabiano de Abreu em entrevista à revista Capricho, explica que a “DM Aberta”, apesar da boa intenção, não deve ser apresentada como uma ajuda eficiente para quem pensa em suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira