Tuesday, 31 de March de 2020

GERAL


A previdência do século XXI, em 30 minutos

04 Feb 2009

“Em 2002 escrevi um “artigo” A Previdência Pública é viável”, onde as contas não fechavam. O déficit cresceu, as despesas expandiram, as receitas não aumentavam anuladas pelas renuncias, fazia-se reforma da reforma com fator previdenciário, uma vilania do governo FHC reduzindo o valor dos benefícios, no entanto o problema era falta de comando de gestão, nossa administração entregue a oportunistas e aventureiros sem compromisso com a previdência.

Hoje o Ministro José Pimentel de quem não tenho procuração para falar bem, está provando que o que escrevi e falei era verdadeiro.

Com um trabalho silencioso, mas competente o ministro Pimentel vem fazendo reformas internas, melhorando seu corpo de auxiliares (assessores), reformando agências, postos, capacitando melhor os servidores da casa e da Dataprev, treinando e proporcionando educação através de bolsas, reformando as instalações, dotando as unidades do INSS com equipamentos modernos e funcionais, trazendo a Dataprev para aquilo que foi criada, servir a Previdência e aos segurados, hoje considerada uma empresa de excelência, de ponta, de qualidade.

O ministro, sem alardes, conseguiu colocar no orçamento de 2009, verba para a instalação de 250 novas agências do INSS beneficiando o atendimento dos segurados e beneficiários em seus municípios. Até o fim do governo Lula, este é o principal escopo de sua proposta, um total de 715 municípios serão atendidos com a criação de novas agencias. Hoje, as pessoas viajam até mais de 100 quilômetros para encontrar uma unidade do INSS.

Brigou por um Plano de carreira para o servidor e prometeu que vai continuar lutando por seu aperfeiçoamento. Batalhou por uma remuneração mais compatível com a responsabilidade e a missão dos servidores. Se mais não conseguiu certamente foi bloqueado pela insensibilidade da área econômica. O nível salarial dos servidores da Previdência ainda continua abaixo da média dos servidores de Estado com as mesmas responsabilidades.

Então já posso dizer que a nova previdência é viável.

A nova previdência do Ministro Pimentel tem agências simples e funcionais, central de atendimento-135, funcionando, Prev Barco, Prev Móvel e concede benefícios em 30 minutos, veja bem 30 minutos, um sonho que para alguns era improvável ou até inviável, e tudo isso sem as “necessárias” reformas propostas pelos PHDs de plantão, terceirizados, ou por parlamentares, sem nenhum compromisso e conhecimento de Previdência Social, votando o que não entende.

Já não existe a chaga da fila nos postos do INSS. Está a mil maravilhas? Claro que não. Há ajustes que estão sendo feitos com seriedade e responsabilidade, principalmente porque os servidores estão engajados, participando, vestindo e suando a camisa.

Só falta ao ministro agir na outra ponta. Trazer de volta para a Previdência os auditores fiscais e os procuradores para a cobrança da divida administrativa e ativa que ultrapassa os 350 bilhões.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins tem 11 casos confirmados de Covid-19

De acordo com boletim divulgado pela Secretaria da Saúde agora são 11 casos confirmados, sendo nove em Palmas e dois em Araguaína.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira