Wednesday, 03 de June de 2020

GERAL


Mais saúde

Academias do Tocantins serão fiscalizadas pelo CREF/Itinerante

08 Apr 2009

No período de 13 a 18 de abril de 2009 o Conselho Regional de Educação Física da 14ª Região – Goiás e Tocantins, vai inaugurar uma nova fase na fiscalização de academias e similares no Estado.  O objetivo é fazer cumprir a legislação federal que incide sobre o setor e, em especial a Lei Estadual do Tocantins número 1.563/05, que dispõe o funcionamento de clubes, academias e outros estabelecimentos que ministrem atividades físico-desportivas no Estado.

A legislação garante às pessoas que procuram instituições para praticar exercícios físicos e esporte sejam atendidas por profissionais de Educação Física com registro profissional no Conselho Regional de Educação Física, bem como os estabelecimentos.

Exercícios físicos ministrados de forma errada, em ambientes e equipamentos inadequados podem causar danos à saúde. Tais danos podem aparecer no momento da prática ou podem vir a manifestar a médio ou longo prazo, podendo também, levar a morte súbita. Por isto a importância de ser acompanhada por profissional de Educação Física habilitado.

O Conselho Regional de Educação Física da 14ª Região – CREF14/GO-TO, está buscando parceria com o PROCON que fiscaliza o direito do consumidor, com as Vigilâncias Sanitária Estadual e municipais que são órgãos de fiscalização de saúde publica, para que a sociedade tocantinense tenha seus direitos garantidos.

Outra meta é informar a população sobre o uso indevido de esteróides anabolizantes e coibir que tais produtos sejam vendidos e utilizados nas academias.

Os agentes de orientação e Fiscalização composto por profissionais de Educação Física de Goiás e Tocantins percorrerão diversas cidades, dentre elas Palmas, Araguaina, Gurupi e Porto Nacional.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins confirma 228 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 4.698 casos no total, destes, 1.734 pacientes estão recuperados, 2.882 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 82 pacientes foram a óbito.

Operação Polícia Federal

Polícia Federal investiga fraudes em contratos públicos firmados para aquisição de máscaras de proteção facial

O nome da Operação “Personale”, que em italiano significa “pessoal”, faz alusão ao interesse pessoal de alguns em detrimento ao interesse público. Além disso, o vocábulo “persona” em latim originalmente significava máscara.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira