Monday, 24 de June de 2019

GERAL


Apagou geral

26 Nov 2009

José Milton Oliveira Santos*
aspiranteapoeta@hotmail.com


Os brasileiros sabem que o Brasil carrega um árduo histórico de problemas no abastecimento de energia elétrica. No entanto, se considerarmos que 90% da energia brasileira é produzida em usinas hidrelétricas, e que estamos no período chuvoso, por isso, os reservatórios estão em nível satisfatório, concluiremos que não há motivo para um apagão geral.

Agora, diante do ocorrido, recentemente surgem perguntas, no mínimo, inusitadas como: Qual explicação para o apagão? O que realimente há por trás desse apagão?

Ora, não estamos aqui acusando ninguém ou tentando levantar suspeitas. Estamos apenas tentando entender o porquê, de um apagão dessa magnitude ter acontecido exatamente agora, momento em que o Brasil desponta como mercado seguro e a Petrobras é reconhecida como uma das maiores empresas em valor de mercado.

Embora muitos não consigam admitir o avanço tecnológico e econômico ocorrido no Brasil nos últimos anos, ele vem despontando no cenário internacional como país promissor e de economia confiável, sendo citado em vários encontros das lideranças mundiais.

Como prova de tal argumentação, salientamos que na semana passada, a rede mundial de informação (Internet) e a maioria dos jornais do país e do mundo, divulgaram que, de acordo com levantamento da agência de notícias Bloomberg, a Petrobras se transformou na quinta maior empresa do mundo, em valor de mercado. Provando, mais uma vez, que o Brasil pouco a pouco desponta como líder, não apenas na América do Sul e Latina, mas como uma nação que tem tudo para, num espaço de tempo não muito longo, disputar “téti à téti” com as grandes potências econômicas mundiais.

Entretanto, no momento, todos os holofotes estão voltados para o caso “apagão” e muitas críticas desferidas sem ao menos analisarmos as probabilidades do que pode ter ocorrido. Pois, se olharmos para o passado “recente”, veremos que até a maior potência econômica do mundo não está livre de problemas no abastecimento de energia elétrica. Refiro-me ao apagão que ocorreu nos Estados Unidos em 2003. Blecaute este de tamanhas proporções e que afetou o leste daquele país e uma parte do Canadá, mais especificamente de Detroit (EUA) a Ottawa (Canadá), deixando mais de 15 milhões de pessoas às escuras.

E, ironicamente falando, nem mesmo o FBI (Federal Bureau of Investigation), a Policia Federal Americana, até hoje não conseguiu identificar qual a real causa do apagão que provocou a morte de um cidadão americano, de dois canadenses e deixou milhões de pessoas sem eletricidade nas referidas nações.  Ao fim das investigações concluíram que o que ocasionou o blecaute, foram os raios que atingiram as centrais elétricas.

Ressaltamos ainda que não estamos aqui defendendo “A ou B”. O que estamos conjeturando é que não só o Brasil, com suas inúmeras deficiências, está a mercê de uma falha no sistema elétrico, mas, todas as nações que dependem da energia produzida por usinas hidrelétricas e distribuídas por extensas redes interligadas. Comprovando que, apesar do avanço tecnológico disponível, o homem ainda não domina totalmente a eletricidade. 

*José Milton Oliveira Santos é natural de Ananás, graduado em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal do Tocantins, funcionário público e autor do livro de poesias “Amor e Paixão”.

COMPARTILHE:


Confira também:


Opinião

Cenário político de Palmas: “aparentar ser ” e o “fazer de fato”

É fato que a campanha eleitoral de 2020 já começou. As pedras já estão se posicionando no tablado. Até o momento, de oficial mesmo, somente a candidatura à reeleição da prefeita Cinthia


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira