Wednesday, 01 de April de 2020

GERAL


Crítica

Boêmios, intelectuais & outros bichos

03 Jun 2008

Se considerarmos que as transformações histórico-culturais do século XX ocorrem no Brasil – mais especificamente no eixo São Paulo-Rio – quase sempre vinte anos mais tarde que nos Estados Unidos, mudanças decorrentes do processo de modernização e das circunvoluções do capitalismo tardio, e devidamente adaptadas ao nosso subcapitalismo periférico, um livro como Os Últimos Intelectuais, do historiador norte-americano Russel Jacoby, se torna bastante esclarecedor, uma vez que trata do desaparecimento do “intelectual público” – o autodidata culto sem formação acadêmica – que, ao migrar em massa para as universidades após Segunda Guerra, desaparece da cena pública norte-americana sem deixar sucessores.

Através dele é possível fazer algumas conexões e começar a entender a chamada Extinção do Pensamento, presente nos textos de Paulo Arantes, e o Silêncio dos Intelectuais, dos seminários de Adauto Novaes, fenômenos observados entre as décadas de 90 e 2000. Mas voltando a Jacoby, este ressalta que o ponto crítico não é a novidade da situação, mas sua amplitude: quando – antes de 50 – as universidades americanas ocupavam apenas um certo espaço da vida cultural, seus defeitos e virtudes significavam uma coisa, mas quando – depois de 60 – elas dominaram toda a área, suas regras se tornaram As Regras.

Os últimos intelectuais a que se refere o autor são os críticos literários, filósofos e economistas norte-americanos que surgiram nas décadas de 30-40, como Edmond Wilson, Mary MacCarthy, Munford, Galbraith, Daniel Bell, Norman Mailer, Noam Chomsky, Susan Sontag, que dirigiam seus trabalhos a um público amplo e esclarecido. Mas os intelectuais das últimas gerações – os nascidos a partir da década de 40 – emergiram numa sociedade em que a identidade entre as universidades e a vida intelectual era quase completa. Nos Estados Unidos, ser intelectual significava ser um professor.

Evidentemente, textos acadêmicos ininteligíveis não constituem novidade, mas para Jacoby a questão não é o talento, coragem ou postura política, mas o fato de não ter surgido a oportunidade para dominarem uma linguagem pública; conseqüentemente, seus escritos não tiveram impacto público.

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Governo anuncia R$ 200 bilhões para socorrer trabalhadores e empresas

Medidas provisórias e auxílio de R$ 600 devem sair até amanhã

Pandemia

Portaria autoriza mototaxistas de Palmas a fazerem serviço de entregas durante período de isolamento social

Uma das justificativas da Sesmu para essa tomada de decisão, foi o impacto financeiro negativo sofrido pelo mototaxistas e suas famílias, com a suspensão das atividades desse serviço.


Pandemia

O presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (1º) cerca de R$ 200 bilhões em medidas para socorrer trabalhadores e empresas e ajudar estados e municípios no enfrentamento aos efeitos

Uma das justificativas da Sesmu para essa tomada de decisão, foi o impacto financeiro negativo sofrido pelo mototaxistas e suas famílias, com a suspensão das atividades desse serviço.


Infraestrutura

Trecho da TO-010, entre Lajeado e Tocantínia, começa a receber melhorias

Os trabalhos estão sendo executados pelas equipes da Agência Rodoviária da Agência Tocantinense de Transportes de Obras (Ageto) da regional de Porto Nacional.


Alerta

Ayres defende que sem isolamento social municípios não podem decretar calamidade pública


Ageto

Governo realiza manutenção em estradas do Estado


Pandemia

Comitê de Crise reforça isolamento social durante reunião coordenada pelo governador Mauro Carlesse


Vetoquinol

Saúde pet: Pulgas, carrapatos e a Leishmaniose Visceral podem ser prevenidas com eficácia


Educação

Com alunos em isolamento social, Cmei da Capital usa rede social para promover atividades recreativas e pedagógicas aos alunos


Brasil

Judiciário destina verbas pecuniárias ao combate da Covid-19



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira