Wednesday, 29 de January de 2020

GERAL


Campanha contra o Papa

20 Apr 2010

Prof. Dr. Valmor Bolan / diretoria.ri@unianhanguera.edu.br


Há, sem dúvida, uma campanha contra o Papa Bento XVI, movida por grupos ateus, que querem desqualificar e desmoralizar a liderança de Ratzinger à frente da Igreja Católica, campanha esta com amplo apoio midiático.

Os ateus britânicos Richard Dawkins e Christopher Hitchens estão mobilizando a imprensa num ataque sem precedentes à Igreja Católica, querendo inclusive mover um processo contra o papa, acusado de omissão em casos de pedofilia na Igreja. Está prevista uma viagem de Bento XVI à Inglaterra, ocasião em que os intelectuais ateus esperam poder processar o papa, tanto na Justiça do Reino Unido, quanto na Corte Penal Internacional.

É surpreendente como tais militantes lançam sua fúria contra o papa, pretendendo com isso ampliar uma campanha que visa atingir a Igreja, com generalizações e distorções de fatos, como o que acontece agora. Todos sabem o quanto o papa Ratzinger é firme em suas decisões, e nunca acobertou casos de pedofilia, pelo contrário, é o que tem enfrentado mais corajosamente esta chaga, pois de forma alguma a Instituição que lidera será conivente com atos abomináveis como estes, de abusos sexuais com crianças, crime que deve ser combatido e que o papa tem buscado todos os meios para deixar explícita sua determinação de não se omitir e tomar as providências que se fazem necessárias diante desta questão. O fato é que o contra-testemunho de alguns prelados, maculam toda a Instituição, fazendo sofrer a Igreja, e de modo especial o papa.

Bento XVI tem sido, desde o início de seu pontificado, coerente com a tradição da Igreja, sabendo dos muitos inimigos que tem que enfrentar, mas nem por isso se atemorizando com a pressão midiática para flexibilizar a moral católica, ou desfigurar o conjunto doutrinário da Igreja. É certo que muitos oponentes querem enfraquecer a Igreja, dando a ela um caráter meramente temporal, para que seja vista apenas como uma OnG a mais, destituída da universalidade, transcendência e da força histórica que possui.

O papa tem se mostrado firme, em todos os aspectos no combate dos atos imorais e criminosos seja de quem for, e sabe que os adversários do cristianismo estão fazendo desse caso um pretexto para difamar caluniosamente a ilibada reputação de Ratzinger, visando assim tornar mais tíbia a fé daqueles que se dizem católicos, mas que não são realmente verdadeiros praticantes, e que vivem levantando bandeiras como, por exemplo, o fim do celibato, descontextualizando os problemas, agudizando impasses, para fazer confusão e dar a impressão de que tudo e todos estão perdidos. Mas o papa tem sabido caminhar em meio a todas estas tormentas, sabendo que Cristo, a luz do mundo, vencerá mais esta tempestade.

Bento XVI também já deixou claro que prefere uma Igreja de minoria que seja realmente fiel ao Evangelho e capaz de assumir Jesus Cristo com coragem e caridade. Nesse sentido, a exemplo do Mestre, seguirá em seu calvário, comprometido com o seu dever de guardião da sã doutrina.

COMPARTILHE:


Confira também:


Contratação

IBGE vai contratar mais 1.627 pessoas no Tocantins para trabalhar no Censo 2020

A coleta de dados do Censo Demográfico será realizada entre agosto e outubro de 2020.


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira