Saturday, 26 de September de 2020

GERAL


Julho Verde

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Cabeça e Pescoço alerta para diagnóstico tardio

26 Jul 2020
Divulgação Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Cabeça e Pescoço alerta para diagnóstico tardio Dr. Juliano Mano é otorrinolaringologista e cirurgião de cabeça e pescoço.

O medo de procurar ajuda médica em meio à pandemia do novo coronavírus pode levar a um diagnóstico tardio de qualquer tipo de câncer e diminuir as chances de cura, por isso é importante não negligenciar os sinais de alerta e buscar um serviço de saúde.

A campanha Julho Verde visa destacar a importância da conscientização sobre a prevenção, promoção de saúde, diagnóstico precoce , tratamento e habilitação no combate ao câncer de cabeça e pescoço.

São considerados tumores dessa região aqueles localizados na boca, faringe, laringe, glândulas salivares, cavidade nasal, seios paranasais, tireoide, pele, ossos e partes moles da região.

De acordo com dados do Inca (Instituto Nacional de Câncer), a cada ano surgem 43 mil novos casos de cânceres que envolvem as regiões da

cabeça e pescoço, resultando em 10 mil mortes por ano. Estatísticas de Serviços Especializados em tratamento oncológicos evidenciam que 6 em cada 10 pacientes com câncer de cabeça e pescoço atendidos são diagnosticados em estado avançado da doença, o que significa chances de cura em torno de 40%, enquanto a probabilidade em tumores precoces pode chegar a 90%. Atualmente, a negligência dos sintomas e a demora no encaminhamento para centros especializados em oncologia são alguns dos fatores que retardam o diagnóstico desses tipos de tumor.

O câncer de cabeça e pescoço tem alto índice de letalidade, especialmente porque os pacientes já chegam para tratamento em estágios avançados da doença. Observamos um medo generalizado das pessoas procurarem ajuda médica neste período de pandemia, mas não se pode ignorar os sinais que o corpo manifesta quando algo está errado. Ficar atento aos sinais e sintomas persistentes, como manchas avermelhadas ou brancas na boca, aftas, lesões nos lábios que não cicatrizam, rouquidão que não melhora, nódulos no pescoço, dificuldade para engolir , mau hálito , perda de peso e mudança na voz, é fundamental para buscar um serviço de saúde para identificar o câncer e realizar um diagnóstico precoce.

Quando o tumor é detectado em fase inicial, o tratamento é mais eficaz e traz poucas sequelas. Quando o tumor é grande, os efeitos colaterais da doença podem ser devastadores para a vida da pessoa. Um exemplo seria o tumor das cordas vocais: quando observado em estágio inicial, tem uma probabilidade de mais de 90% de cura, mas passa a ter menos de 30% de chances de sucesso se estiver em um nível mais avançado.

Se qualquer sinal de alerta persistir por mais de 15 dias é importante procurar uma avaliação médica. Quanto antes o paciente for diagnosticado, maiores são as chances de cura e qualidade de vida após o tratamento. O prognóstico dos cânceres de cabeça e pescoço varia conforme seu estadiamento.

Nos casos precoces, podemos falar em cura em torno de 70 a 90%. Já nos tumores maiores, em fase avançada, a sobrevida cai para 30 a 50%, além de elevar o custo do tratamento . Os tumores precoces possuem custo de tratamento 10 vezes menor que os diagnosticados nos estágios avançados.

Prevenção:

A prevenção do câncer de cabeça e pescoço é a ação tomada para reduzir a chance de contrair a doença. Portanto, prevenir o câncer de cabeça e pescoço significa evitar os fatores de risco que aumentam as chances de desenvolver a enfermidade.

Parte da carga de prevenção do câncer de cabeça e pescoço encontra-se com o indivíduo, que deve adotar comportamentos que minimizem o risco e ocorrência da doença, e maximizem os estados de saúde.

Diferentemente de muitos tipos de câncer, os fatores de risco dos tumores de cabeça e pescoço são bem conhecidos. O consumo de álcool e tabaco são os dois fatores de risco importantes para o câncer de cabeça e pescoço, especialmente o câncer de boca, orofaringe, hipofaringe e laringe. Pelo menos 75% dos cânceres de cabeça e pescoço são causados pelo uso de tabaco e álcool. As pessoas que usam tabaco e álcool têm maior risco de desenvolver esses cânceres do que aquelas que usam isoladamente essas substâncias.

A infecção pelo vírus do papiloma humano (HPV), especialmente pelo tipo 16, é um fator de risco para alguns tipos de câncer de cabeça e pescoço, particularmente para o câncer de boca e orofaringe, que envolve as amígdalas e base da língua.

Portanto para uma boa prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço devermos ter: Boa higiene bucal e escovar bem os dentes, ter próteses dentárias bem ajustadas e o acompanhamento regular de um dentista é muito importante pois poderá ser detectado precocemente uma lesão suspeita na cavidade oral.

Tabagismo

Não fumar charuto, cachimbo, cigarro ou derivados é a melhor maneira de evitar  a maioria dos cânceres de boca, faringe e laringe.

Álcool

Evitar o uso de bebidas alcoólicas é outro método preventivo efetivo muito importante.

Dieta

Uma dieta balanceada, a base de vegetais como cenoura, abóbora, espinafre, couve, batata doce e frutas como mamão – todas essas ricas em beta-caroteno. Um bom consumo de proteínas e minerais também é um fator preventivo.

Cuidados na exposição solar

Usar protetor solar, boné, chapéu ou outro tipo de proteção quando ficar exposto ao sol, prevenindo assim, o câncer de pele na face, couro cabeludo e pescoço.

HPV

Ter relações sexuais com preservativos e evitar trocas de parceiros.


Dr . Juliano Borges Mano

CRM/TO : 2569

Otorrinolaringologista RQE:1269

Cirurgião de Cabeça e Pescoço : RQE1268

Cirurgião Cranio-Maxilo-Facial RQE:1497

Medico Cirurgião de Cabeça e Pescoço do HGP

Medico Otorrinolaringologista da Secretaria Municipal de Saúde da

Prefeitura de Palmas

COMPARTILHE:


Confira também:


Doação de Órgãos

Secretaria de Saúde realizará momento alusivo ao Dia Nacional de Doação de Órgãos

Ação será realizada domingo, 27, às 17h na Praça dos Girassóis.

Saúde

Tocantins registra 685 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 200.736 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 65.994 casos confirmados. Destes, 49.016 pacientes estão recuperados, 16.068 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 910 pacientes foram a óbito.



Economia

Conselho de Desenvolvimento Econômico aprova incentivos fiscais para empresas de diversas regiões do Estado

Os projetos aprovados incentivam a geração novos de postos de trabalho, além de contribuir com a economia, bem como aumentar a arrecadação do Estado


Eleições 2020

Podemos registra chapa com candidatos a prefeito, vice e 29 vereadores

Candidato a prefeito, Alan Barbiero enaltece chapa proporcional do partido: “sem dúvidas, temos o melhor, mais completo e qualificado grupo para disputar as vagas no Legislativo Municipal”


Fakes News

Qual será o impacto das fake news nas eleições municipais?

O papel de prefeitos e governadores no que diz respeito ao controle da pandemia também foi alvo de fake news, especialmente depois que o STF (Supremo Tribunal Federal) declarou a autonomia dos Estados e municípios para definir regras sobre isolamento.


Obras em Palmas

Propostas para 2ª etapa do CAF em Palmas serão conhecidas em outubro


Ações

Vice-governador apresenta ações de combate à pandemia e incêndios florestais no 21° Fórum de Governadores da Amazônia Legal


Saúde

Câmara de Palmas convoca Audiência Pública para prestação de contas da saúde


Convênio

Vice-governador Wanderlei Barbosa e ministro Onyx Lorenzoni assinam convênio de R$ 2,5 milhões para Programa de Aquisição de Alimentos


Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira