Saturday, 18 de January de 2020

GERAL


Saúde

Cirurgia bariátrica: mudanças do físico ao emocional

22 Aug 2019
Divulgação Cirurgia bariátrica: mudanças do físico ao emocional

A cirurgia bariátrica começa muito antes da operação, tanto para o paciente quanto para os profissionais envolvidos. Isso porque são muitos os fatores que, relacionados, levam à decisão de realizar o procedimento, incluindo saúde emocional e física.

A psicóloga do Grupo São Cristóvão, Aline Melo, explica que o objetivo da avaliação psicológica é identificar alterações emocionais que possam prejudicar a adesão e acompanhamento pós cirúrgico, além de identificar a disponibilidade do paciente para as mudanças provenientes desse tipo de procedimento.

Acompanhamento psicológico e nutricional

- Antes da cirurgia

Segundo ela, a cirurgia bariátrica traz uma mudança que irá repercutir de maneira ampla na vida do paciente, e isso envolve diferenças físicas e psicológicas. Nesse aspecto, o acompanhamento psicológico é um grande aliado no pré e no pós-cirúrgico. “O acompanhamento psicológico irá ajudar o paciente a se adaptar às mudanças físicas e de comportamento, além de proporcionar melhor reconhecimento de seus aspectos emocionais”, explica.

Para a nutricionista Cintya Bassi, do Grupo São Cristóvão, também é fundamental que o paciente tenha acompanhamento nutricional no período pré-cirúrgico. O objetivo é corrigir deficiências de vitaminas e minerais decorrentes de uma alimentação desbalanceada que levaram à obesidade. “Nesta etapa, orientamos as mudanças nos hábitos alimentares, que devem ser iniciadas com antecedência, como a mastigação correta e a escolha dos alimentos”, comenta.

- Depois da cirurgia

É aí que se inicia o processo de reeducação alimentar, que vai ajudar o paciente a manter os resultados e a qualidade de vida após a cirurgia. A psicóloga conta que a reeducação começa com informação: o paciente aprenderá a associar a nova maneira de se alimentar a escolhas e não a restrições.

Aline frisa que trabalhar essas mudanças em si e observar os pensamentos diante da perda de peso e sua relação com a comida pode levar a pessoa a criar um padrão diferente para lidar com a alimentação. “Quando o cérebro compreende e se adapta a uma reeducação alimentar, o paciente não se sente inibido a comer e sim melhorando as suas escolhas, além de dificultar o boicote de sua alimentação pois não há uma dieta e sim a busca pelo equilíbrio", diz.

No acompanhamento nutricional, que se faz essencial sobretudo na primeira fase do pós-operatório, o paciente segue um esquema alimentar que mantém a reeducação iniciada no pré-cirúrgico, montada de acordo com a técnica cirúrgica utilizada e suas individualidades. Cintya explica que esse programa alimentar prioriza o aporte de vitaminas e minerais para minimizar possíveis deficiências comuns nesta etapa.

- Cuidados especiais

Todos esses cuidados têm o objetivo de promover a saúde física e psicológica que irão garantir o sucesso da cirurgia. Por isso, é tão importante atuar diretamente na causa da obesidade, a qual levou o paciente a buscar a bariátrica. Um dos casos frequentes que levam ao sobrepeso e que precisa ser identificado para um acompanhamento adequado é a compulsão alimentar.

A psicóloga explica que a compulsão alimentar é um transtorno emocional que precisa de um acompanhamento mais aprofundado, visando a fornecer ao paciente recursos na percepção de tais comportamentos e em sua forma de agir. Cintya lembra que é essencial que a compulsão seja acompanhada desde antes da cirurgia, mas deve-se redobrar a atenção depois do procedimento, para que o paciente não volte a repetir os comportamentos que o colocaram em risco.

Além disso, os cuidados com a qualidade da alimentação devem ser intensificados após a cirurgia. Cintya conta que, durante todas as etapas da progressão da dieta, que evolui de líquida para pastosa e, finalmente, livre, a atenção com o valor nutricional é prioridade.

Segundo ela, a suplementação é importante nessa fase, pois o organismo não consegue absorver tudo o que recebe dos alimentos. “Os nutrientes que têm sua absorção mais prejudicada após a bariátrica são: ferro, cálcio, tiamina, ácido fólico, vitamina A, B12, D e E”, reforça.

De tal forma, antes da decisão juntamente com o médico para realização da bariátrica, é necessário analisar todos os cuidados que serão imprescindíveis para o sucesso do procedimento. A bariátrica implica em mudanças que vão muito além da estética e, por isso, é tão importante que sejam conduzidas por uma equipe multidisciplinar e competente. (máquinacohn&wolfe).

COMPARTILHE:


Confira também:


Economia

Governo do Tocantins e Conselho Regional de Administração firmam parceria para fomentar empreendedorismo

Parceria entre o Governo do Estado e CRA visa otimizar o desenvolvimento econômico e social do Estado

Economia

Confiança dos empresários do comércio cresce em janeiro

Com relação a gestão de suas empresas, 69% dos entrevistados falaram que esperam aumentar um pouco o número de funcionários em sua empresa.


Educação

Educadores participam de Curso de Liderança e Gestão Educacional

Durante esses dois dias de formação os educadores serão conduzidos pelo conferencista, palestrante e consultor em Educação e Gestão, Renato Casagrande, que os levará a desenvolverem competências comportamentais, conceituais e técnicas de forma que estes at


SES

Mutirão da Corregedoria da SES garante mais de R$ 3 mi em estoque de materiais e medicamentos

Foram analisadas as responsabilidades em casos de produtos não entregues, entregues parcialmente ou com atraso na entrega à SES


Ageto

Governo realiza roçagem de rodovias do perímetro urbano de Palmas


Seduc

Educação amplia atendimento para cadastro de matrículas de alunos novatos na rede estadual


Moradia

Governo inicia entrega de casas no Jardim Taquari em fevereiro


Abastecimento

Estado distribui vacina pentavalente a todos os municípios tocantinenses


Educação Superior

Unitins divulga lista com locais de provas do Vestibular 2020/1 do Câmpus Paraíso


Palmas

AASJN realiza XVIII Encontro de Musicistas, 4º Prêmio Músico Nota 10 e debate Campanha da Fraternidade 2020



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira