Thursday, 19 de September de 2019

GERAL


Saúde

Como preservar a boa memória

20 Aug 2019    11:53
Divulgação Como preservar a boa memória

Com o acúmulo de atividades e responsabilidades, além de tecnologias que “pensam por nós”, a boa memória se torna, cada vez mais, um artigo de luxo. De fato, a memória é uma das nossas funções cognitivas mais importantes e serve para arquivar experiências e informações adquiridas ao longo da vida. A perda de memória patológica acomete, principalmente, a memória de curto prazo, aquela que usamos para nos lembrar de algo recente. Quando ela é afetada, o paciente tende a repetir as mesmas perguntas que foram respondidas há pouco tempo. Mas o que é preciso fazer para preservá-la?
 
A área da neuropsicologia, que estuda a memória, ainda é muito nebulosa. Mas estudos mostram que os bons hábitos de vida são verdadeiros aliados da boa memória. Dentre eles, a prática de atividade física aeróbica por, pelo menos, três vezes na semana. O exercício intensifica a capacidade cognitiva, de atenção e concentração. Outro fator muito importante é o sono. Noites mal dormidas interferem muito na manutenção da memória, já que ela é consolidada neste período. O tabagismo e o uso frequente de álcool também são prejudiciais, pois provocam um envelhecimento cerebral precoce.
 
Em relação aos medicamentos, há controvérsias. Uma pesquisa recente indicou que o uso de donepezila, uma medicação utilizada para o Mal de Alzheimer, aumenta a capacidade da memória de portadores da Síndrome de Down. Isso fez com que universitários americanos passassem a usá-la. No entanto, não há nenhuma comprovação científica que mostre a sua eficácia em pessoas que não possuem a Síndrome. Alguns fitoterápicos, como ginko biloba, parecem melhorar o fluxo sanguíneo cerebral, beneficiando, indiretamente, a memória.
 
A melhor forma de diagnosticar estas patologias é a realização de uma bateria de exames neurológicos e avaliações psiquiátricas. Vale citar também outras boas dicas que podem melhorar significativamente a memória e a atividade cognitiva como a leitura, o aprendizado de novas línguas, a prática de exercícios matemáticos e a constante sociabilização. Certamente, estes são hábitos importantes para a manutenção da memória e para retardar o surgimento de demências comuns a idade avançada, acima dos 65 anos.
 
Informações à imprensa
Flávia Vargas Ghiurghi

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Maia diz que Fundo Eleitoral é necessário para equilibrar campanhas

O projeto aprovado manteve novas situações, em que será permitido o uso de recursos do Fundo Partidário.

Premiação

Nota Quente paga R$ 10.935,88 neste sábado, 21

O programa Nota Quente Palmense realiza sorteios mensais de R$ 10 mil e dois sorteios semestrais de R$ 50 mil, sendo um no mês de maio e outro no mês de outubro, além do grande sorteio anual, de R$ 200 mil, realizado em dezembro.


Saúde

Profissionais de saúde alertam sobre cuidados com as altas temperaturas na Capital

Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas são alguns dos problemas decorrentes da Baixa Umidade do Ar


Drogas

Polícia Civil prende quatro traficantes e apreende mais de 30kg de maconha em Gurupi

Com eles foram apreendidos 29 tabletes de maconha, três outros pedaços da mesma droga, uma balança de precisão, R$ 2.382,00 em espécie e aparelhos celulares.


Honraria

Participante de programa do Instituto TIM vence prêmio global da ONU


Agrotóxicos

Assembleia debate uso de agrotóxico em audiência proposta por Zé Roberto Lula


Economia

Endividamento atinge mais de 68% dos palmenses em agosto


Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins


Ocorrência

Polícia Civil prende mulher suspeita de estelionato no sudeste do Estado


Proibição

Adapec apreende carga de 10 toneladas de sementes de capim irregular na TO-050 entre Palmas e Porto Nacional



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira