Monday, 21 de September de 2020

GERAL


Saúde

Cuidado com as dores gastroabdominais

06 Jul 2020
Divulgação Cuidado com as dores gastroabdominais

O que o apendicite, a diverticulite e a colecistite têm em comum? As três são inflamações agudas do abdômen que necessitam de intervenção cirúrgica rápida. Caso contrário, o rápido agravamento pode levar o paciente pode a óbito.  As três enfermidades também têm sintomas similares, como a dor abdominal, e com o advento da pandemia do novo coronavírus e consequente receio das pessoas de irem aos hospitais, tem aumentado o número de pacientes que procuram ajuda médica tardiamente. 

Essa é a avaliação do  cirurgião gastro-robótico, Adilon Cardoso, em seu dia a dia profissional. “As inflamações do abdômen têm uma evolução relativamente rápida. Do início dos sintomas a seis ou 12 horas após, já há um agravamento significativo do paciente. Por regra, até 24 horas é preciso ter um diagnóstico definido e exigem intervenção cirúrgica rápida”, explica o médico, que é  membro Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica.

A apendicite, ou inflamação do apêndice, pode afetar 1 em cada 500 pessoas a cada ano, especialmente os jovens, segundo a literatura médica. Quando não retirado rapidamente, o apêndice  inflama e rompe. Com isso, a cavidade peritonial é contaminada com fezes podendo gerar infecção generalizada, ou septicemia, doença que matou 11 milhões de pessoas no mundo em 2017, segundo estudo publicado no periódico científico The Lancet. A complicação responde por 20% das mortes no planeta, segundo o estudo baseado em dados de 195 países.

O mesmo pode acontecer com episódios de colecistite, que é uma inflamação da vesícula biliar, um pequeno órgão digestivo abaixo do fígado. Com seu rompimento, a bile se espalha pela cavidade peritonial.  Já na diverticulite, o rompimento dos divertículos abrem espaço para as fezes atingirem os outro órgãos, assim como nos casos de apendicite. A enfermidade é uma evolução da diverticulose - uma doença causada pelo o acúmulo e retenção de uma pequena quantidade de fezes nos divertículos do intestino grosso. 

Conforme o médico Adilon Cardoso, eles podem ocorrer em qualquer fase da vida, mas algumas têm incidência maior em determinadas faixas etária. “As doenças do tubo intestinal pode afetar pessoas de qualquer idade, ou seja, de criança a idosos. É claro que certas faixas etárias e perfis de pacientes têm suas especificidades e um problema pode afetar com maior ou menor frequência um determinado grupo de indivíduos. As mulheres jovens em idade fértil e com um quadro de excesso de peso, por exemplo, são mais propensas a apresentarem o quadro de colecistite; já a diverticulite é uma doença clássica de pacientes com mais de 50 anos e que já têm alguma outra doença diverticular; e a apendicite é mais comum na infância e entre adultos jovens”, esclarece.

O cirurgião gastro-robótico Adilon Cardoso orienta que o apendicite e a colestitite são imprevisíveis e não há  nada que o indivíduo possa fazer para diminuir as chances de sua ocorrência. Mas, no caso da diverticulite, é possível adotar uma rotina alimentar preventiva. “Se você já for portador de alguma doença diverticular e tiver uma dieta adequada, como o consumo regular de alimentos ricos em fibras, como frutas e verduras, você pode diminuir as chances de desenvolvê-la”, esclarece.

(Fonte: COMUNICAÇÃO SEM FRONTEIRAS). 

COMPARTILHE:


Confira também:


Educação

Covid-19: maioria dos estados segue sem aulas presenciais

Veja a evolução da retomada em todos os estados brasileiros

Saúde

Tocantins registra 259 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.657 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.423 casos confirmados. Destes, 46.178 pacientes estão recuperados, 16.379 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 866 pacientes foram a óbito.



Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio

Neurocientista, filósofo e psicanalista Fabiano de Abreu em entrevista à revista Capricho, explica que a “DM Aberta”, apesar da boa intenção, não deve ser apresentada como uma ajuda eficiente para quem pensa em suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense

Além do corregedor-geral da Justiça, votaram os desembargadores Marco Villas Boas, Moura Filho, Jacqueline Adorno, Ângela Prudente, Eurípedes Lamounier, Maysa Vendramini, Etelvina Maria Sampaio Felipe e, por último, o presidente Helvécio Maia Neto.


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital


Economia

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preços dos itens da cesta básica



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira