Wednesday, 20 de March de 2019

GERAL


Violência

DPE-TO vai oferecer palestras e debates sobre assédio moral e sexual e violência institucional contra a mulher

14 Mar 2019    16:14
Divulgação DPE-TO vai oferecer palestras e debates sobre assédio moral e sexual e violência institucional contra a mulher

Os alarmantes índices de crimes relacionados à violência doméstica, o tratamento diferenciado no mercado de trabalho, inclusive com salários díspares entre homens e mulheres que ocupam as mesmas funções, e o assédio moral e sexual, dentre outras circunstâncias, indicam a necessidade de enfrentamento do tema de forma contundente. Diante disso, a Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO)realizará uma programação especial para debate do tema. É o I Fórum Interinstitucional: Equidade de Gênero e Violência Institucional Contra a Mulher, que será realizado nos dias 21 e 22 de março, no auditório da DPE-TO em Palmas.

 

A iniciativa é do Núcleo Especializado de Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem) e da Escola Superior da Defensoria Pública (Esdep) em parceria com o Núcleo de Vigilância e Prevenção de Violências e Acidentes, Promoção da Saúde e Cultura de Paz no Município de Palmas (Nupav). O evento é aberto a toda comunidade, especialmente servidoras públicas, como policiais civis, militares e corpo de bombeiros, para debater o tema assédio moral e sexual e violência institucional contra a mulher.

 

Na ocasião, será apresentada a rede de proteção e defesa da mulher existente em Palmas. “Queremos abrir os horizontes para todas as mulheres que são sujeitas a qualquer tipo de violência, permitindo que possam buscar apoio contra a violência e resguardar sua integridade física, emocional e moral”, declara a defensora pública Francia Di Fátima, coordenadora do Nudem.

 

Programação

A programação vai contar com palestras, mesas redondas e debates ministrados e mediados por defensoras públicas, advogadas, professores universitários, historiadores, psicólogo e juíza do trabalho. Os debates e exposições envolvem temas como “Gênero: uma construção social”; “Direitos humanos da mulher na contemporaneidade”; “Violência Doméstica: o problema é nosso”; “Violência, Gênero e Assédio Sexual”; “Violência obstétrica: o que é?”; “Aspectos psicológicos do assédio: da sujeição à resistência”; “Assédio Moral e Sexual no ambiente de trabalho”; “Violência sexual contra a mulher – as marcas indeléveis”; “Estratégias para romper o assédio moral e sexual”; e “Instrumentos para fortalecimento de proteção à mulher vítima de violência”.

 

De acordo com a defensora pública Franciana Di Fátima, coordenadora do Nudem, o objetivo é de sensibilizar, por meio da educação, a comunidade em geral para todas as formas de violência contra a mulher, e assim, buscar instrumentos para o adequado enfrentamento de tais violências, através da rede de proteção. “É um instrumento adequado para discussão, debate e promoção da educação sobre os direitos das mulheres, de forma a minimizar os elevados índices de violência contra a mulher, quer seja no campo privado (doméstico) ou público”, considera a defensora pública Franciana Di Fátima.

 

Segundo a coordenadora do Nudem, o Fórum pretende dar maior visibilidade a todas as formas de violência, mas, sobretudo, atender às demandas de várias instituições para o enfrentamento do assédio moral e sexual, bem como da violência institucional contra as mulheres. “É um encontro muito importante para a conscientização e politização das mulheres assim como a construção de estratégias de enfrentamento de todas essas violências contra as mulheres.”

COMPARTILHE:


Confira também:


Isenção

Mais de 530 pessoas com deficiência adquiriram veículos com isenção de impostos no Tocantins em 2018

A servidora pública Marilda Amaral disse que vale a pena solicitar a isenção, pois o desconto é bem razoável.

Imbróglio

PGR pede informações sobre dinheiro depositado em conta da Lava Jato

Em nota à imprensa, após a decisão do ministro, a força-tarefa da Lava Jato disse que pediu a suspensão do fundo antes mesmo do pedido feito por Raquel Dodge ao STF.



Balanço

ICMS Ecológico encerra prazo com adesão de 136 municípios

Devido à limitação dos prazos determinados por lei, o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas, Warley Rodrigues, relatou que não é possível prorrogar as inscrições ao benefício.


Energisa ouve clientes em audiência pública sobre projetos de eficiência energética

Nos últimos dois anos, programa já investiu R$ 6,5 milhões em projetos de economia de energia


Palmas

Estudantes da UFT vencem 1º Prêmio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Tocantins

A entrada é 1 quilo de alimento não perecível. Será emitido certificado de 3 horas para os participantes. O evento é uma realização do CAU/TO, com apoio do Sebrae.


18 de março

Dia da Autonomia homenageia luta de antepassados pela emancipação do norte de Goiás


Norte

Saúde negocia com profissionais para iniciar serviço de radioterapia em Araguaína


Boa forma

Diva Fitness choca seguidores nas redes sociais com foto de seu antes e depois


DERFRVA

Polícia Civil recupera camionetes e motocicleta roubados em Palmas


Universidade

UFT abre processo para selecionar 18 professores efetivos; inscrições de 21 de março a 8 de abril


Brasília

Tiago Dimas assume cargo na Comissão de Desenvolvimento Econômico



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira