Monday, 14 de October de 2019

GERAL


É só juntar as letras, menino!

25 Jan 2011

Essa foi a primeira explicação que ouvi quando perguntei como é que poderia aprender a escrever. Fui lá, e fiz um monte de amontoados de letras e levei para que lessem o que havia escrito. É claro que ninguém conseguiu, mas por outro lado me veio a segunda lição, de que deveria juntar as letras certas para formar cada palavra correta. Poxa! Mas que gente complicada os adultos! Só dois anos mais tarde no primeiro ano na escola, é que fui entender direito que tentaram me explicar de maneira rápida, mas sem exemplos, como é que se formavam as palavras. O gozado é que o que no começo parecia um bicho de sete cabeças tinha muitas mais, um alfabeto inteiro que logo foi dominado e decapitado. A mesma coisa foi querer saber por que um mais um eram dois e não três, e dois mais dois eram quatro e não vinte e dois. Só não gostava quando vinham com o tal do “se você tem quatro maçãs e tira uma, quantas ficam?”. Nem respeitavam meu pouco tamanho e já queriam levar vantagem! Gostava mesmo da hora de multiplicar! Aí sim era bom. Muito bom!

E sabem que até hoje de vez em quando é preciso perguntar às pessoas, como é que se formam as palavras? Elas até que sabem, mas estão simplesmente interessadas em fazer um amontoado de letras e não em formar palavras, e por isso na maioria das vezes, ficam sem dizer nada. É que lhes falta a coragem para colocar as letras certas na ordem correta. Na maioria das vezes as colocam na ordem correta, mas as letras formam palavras que poderiam ficar sem aparecer. Raiva, ódio, ciúme, por exemplo, tem a ordem certa, mas as letras erradas. E formam palavras corretas, mas de existência pouco desejadas. Ou não?

Para alguns, a vida ensina a somar, multiplicar, o que é bom. Para outros só aprendem a dividir e diminuir.
Outros tantos descobrem como colocar as letras certas para formar as palavras corretas, mas não são poucos os que usam as letras corretas para ensinar, as palavras erradas.

E você? Como gosta de juntar as letras,  menino?


Antonio Jorge Rettenmaier, Cronista, Escritor e Palestrante, membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Independentes. Esta coluna está em mais de oitenta jornais impressos e eletrônicos no Brasil e Exterior.

COMPARTILHE:


Confira também:


Fim de semana

Atletas quenianos são vencedores da XIX Meia Maratona do Tocantins

Do Tocantins, o atleta Antônio Wilson, de Araguaína, faturou o segundo lugar na corrida dos 21 km

HIP

Música e circo alegram pacientes do Hospital Infantil de Palmas

A unidade teve uma semana repleta de programação especial em comemoração ao Dia das Crianças


Campo

Seminário de Agroecologia debate fortalecimento das cadeias produtivas de forma sustentável e consciente

Cerca de 300 pessoas, entre autoridades federais, estaduais e municipais, como também professores, estudantes, pesquisadores, técnicos e agricultores prestigiaram o encontro


Campanha

Entenda o que é o câncer de mama e quem precisa fazer a mamografia

A Dra. Andrea Cubero, mastologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, explica que a principal manifestação da doença é um nódulo irregular, fixo e geralmente indolor, e está presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela pró


Sul do TO

Governador e Primeira-dama prestigiam festa das crianças em Gurupi


Consumidor

Procon Tocantins oficia MPE sobre devolução do dinheiro dos ingressos da ExpoPalmas


Contratempo

BRK não cumpre contrato e causa transtornos para população de Colinas


Educação

Projeto pede inclusão de mensagens no combate ao abuso sexual infantil e o consumo de drogas nos livros das escolas públicas de Palmas


Ação

DPE realiza mais uma edição do “Transforme uma vida: apadrinhe uma criança” no Lar Batista


Consumidor

Com 70% de acordos feitos, Procon Tocantins divulga balanço da Semana de Renegociação de Dívidas



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira