Thursday, 23 de January de 2020

GERAL


É só juntar as letras, menino!

25 Jan 2011

Essa foi a primeira explicação que ouvi quando perguntei como é que poderia aprender a escrever. Fui lá, e fiz um monte de amontoados de letras e levei para que lessem o que havia escrito. É claro que ninguém conseguiu, mas por outro lado me veio a segunda lição, de que deveria juntar as letras certas para formar cada palavra correta. Poxa! Mas que gente complicada os adultos! Só dois anos mais tarde no primeiro ano na escola, é que fui entender direito que tentaram me explicar de maneira rápida, mas sem exemplos, como é que se formavam as palavras. O gozado é que o que no começo parecia um bicho de sete cabeças tinha muitas mais, um alfabeto inteiro que logo foi dominado e decapitado. A mesma coisa foi querer saber por que um mais um eram dois e não três, e dois mais dois eram quatro e não vinte e dois. Só não gostava quando vinham com o tal do “se você tem quatro maçãs e tira uma, quantas ficam?”. Nem respeitavam meu pouco tamanho e já queriam levar vantagem! Gostava mesmo da hora de multiplicar! Aí sim era bom. Muito bom!

E sabem que até hoje de vez em quando é preciso perguntar às pessoas, como é que se formam as palavras? Elas até que sabem, mas estão simplesmente interessadas em fazer um amontoado de letras e não em formar palavras, e por isso na maioria das vezes, ficam sem dizer nada. É que lhes falta a coragem para colocar as letras certas na ordem correta. Na maioria das vezes as colocam na ordem correta, mas as letras formam palavras que poderiam ficar sem aparecer. Raiva, ódio, ciúme, por exemplo, tem a ordem certa, mas as letras erradas. E formam palavras corretas, mas de existência pouco desejadas. Ou não?

Para alguns, a vida ensina a somar, multiplicar, o que é bom. Para outros só aprendem a dividir e diminuir.
Outros tantos descobrem como colocar as letras certas para formar as palavras corretas, mas não são poucos os que usam as letras corretas para ensinar, as palavras erradas.

E você? Como gosta de juntar as letras,  menino?


Antonio Jorge Rettenmaier, Cronista, Escritor e Palestrante, membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Independentes. Esta coluna está em mais de oitenta jornais impressos e eletrônicos no Brasil e Exterior.

COMPARTILHE:


Confira também:


Serviço

Governo inicia nesta semana serviços de roçagem e sinalização viária na ponte FHC e em Taquaruçu

Serviços visam garantir a segurança viária e proporcionar melhores condições de trafegabilidade para usuários das vias estaduais

Ocorrência

Polícia Civil apreende aproximadamente 15 quilos de entorpecentes na BR-10, na saída para Porto Nacional

Durante a ação, as equipes da DENARC efetuaram em flagrante a prisão de do condutor do veículo


Avaliação

Hemocentro Coordenador de Palmas mantém aprovação acima de 93% dos pacientes e doadores

Foram entrevistados aproximadamente 32% dos doadores de sangue e 22% dos pacientes atendidos com doenças do sangue


Agenda

Mostra de Artes Cênicas abre seleção para grupos da Capital

O espetáculo receberá o cachê de 3 mil e o representante deverá emitir nota e se responsabilizar pelo repasse dos cachês da sua equipe e em toda parte técnica necessária para o espetáculo acontecer.


Kátia Abreu

Durante evento na capital, Kátia Abreu anuncia recursos para cirurgias bariátricas


Negócios

Sebrae e Prefeitura de Palmas formalizam parcerias para beneficiar pequenos negócios


Energisa

No Tocantins, mais de 10 mil clientes se cadastraram na Tarifa Social de energia em 2019


Segurança pública

CIOPAER apoia ação de captura de suspeitos


Em Palmas

Polícia Civil desvenda crime e prende homem por suspeita de homicídio ocorrido em conveniência


Infraestrutura

Trecho da TO-050 entre Porto e Palmas começa a receber serviços de manutenção



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira