Monday, 17 de June de 2019

GERAL


Escolas

Educação financeira é realidade em escolas e pesquisa aponta impacto até nos pais

22 May 2019    14:54

A atual crise que enfrentamos só comprova: o Brasil precisa de educação financeira, dentre o reforço em outras áreas. Felizmente hoje já são cerca de 300 mil crianças e jovens de todo o Brasil estão sendo educadas financeiramente pelo Programa DSOP Educação Financeira nas Escolas. Os materiais já são utilizados em mais de 115 cidades de 20 estados brasileiros.

Atualmente estudos e pesquisas indicam uma mudança cultural, com a conscientização de que o ambiente escolar é o mais propício para o ensino dessa disciplina. Comprovando ainda que a família do aluno também é beneficiada.

“Há quem pense que as crianças não têm discernimento para lidar com finanças”, relata o mentor da Metodologia DSOP e presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), Reinaldo Domingos, “porém notamos que com 4, 5 ou 6 anos elas já reconhecem o dinheiro como um meio para realizar sonhos. Isso nos faz acreditar em uma nova geração de pessoas independentes financeiramente, mais realizadas e felizes”.

A educação financeira não se restringe apenas aos alunos. Os professores são capacitados para dominar e então disseminar o tema, e também os pais assistem palestras e têm acesso a cursos online gratuitos. Dessa forma, a mudança comportamental é trabalhada em toda a comunidade.

Famílias notam resultados

Por conta dos resultados positivos sentidos nos lares, cresce nos últimos anos o número de escolas em todo o país que adotam o Programa DSOP Educação Financeira nas Escolas. Pesquisa indica que 100% das crianças e jovens que recebem educação financeira na escola, participam das discussões relacionadas às finanças da família em casa.

Esse é um dos dados da 1ª Pesquisa de Educação Financeira nas Escolas, realizada em 2017, uma parceria entre o Instituto de Economia da UNICAMP, por seu Núcleo de Economia Industrial e da Tecnologia (NEIT), o Instituto Axxus e a Abefin.

Ela também aponta que a grande maioria (71%) dos alunos que têm aulas sobre o tema nas escolas ajudam os pais a fazerem compras conscientes. A pesquisa foi realizada com 750 pais/responsáveis de cinco capitais brasileiras, Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Vitória.

Sobre a DSOP Educação Financeira

A DSOP Educação Financeira (www.dsop.com.br) é uma organização dedicada à disseminação da educação financeira no Brasil e no mundo, por meio da aplicação da Metodologia DSOP, criada pelo educador e terapeuta financeiro, Reinaldo Domingos.

Dia após dia, a DSOP se firma como principal promotora de conhecimento sobre o tema no Brasil, destacando-se pelo amplo alcance de seus programas, que beneficiam estudantes, profissionais e famílias, contemplando todo o ciclo de vida.

Atualmente, dispõe de uma rede formada por mais de 250 educadores financeiros e mais de 60 franquias de negócios em todo o Brasil e uma nos Estados Unidos (Orlando, Flórida), que compartilham da missão de disseminar a educação financeira, romper com o ciclo de pessoas com desequilíbrio financeiro e construir novas gerações e famílias sustentáveis financeiramente. (DSOP Educação Financeira).

COMPARTILHE:


Confira também:


Agro

Cerrado do Tocantins produz uvas mais doces que outras regiões do Sul do país

No clima do cerrado é possível realizar até duas safras ao ano de parreira

Saúde

Hospital e Maternidade Dona Regina celebra 20 anos

Unidade é a única referência em alta complexidade para atender partos em toda a macrorregião de saúde centro sul do Tocantins



Temporada

8 dicas do Corpo de Bombeiros para curtir a temporada de praias com segurança

Orientações servem para reduzir os riscos de acidentes durante a alta temporada


Campo

Recebimento itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos chega a mais quatro municípios do Tocantins

As centrais de recebimento em parceria com a Adapec estão com um cronograma de ação que, além desses quatro municípios, abrangerão mais 10 em diferentes regiões do Estado.


Tocantins

Pais fazem campanha de doação de sangue para ajudar outras famílias após morte do filho

Além da campanha de doação de sangue, os pais vão arrecadar alimentos e roupas durante 66 dias, tempo em que Felipe ficou vivo após nascer prematuro.


Six Sigma

Manifesto Híbrido de Metodologias de Gestão é definido no Brasil


Violência

Homem é preso pela Polícia Civil após tentar matar o ex-cunhado em Taguatinga


Brasil

Grupo Boticário e Unilever se unem por diversidade e equidade de gênero


Turismo

Palmas conta com uma variedade de Palmas urbanas


Economia

Receita paga hoje as restituições do 1º lote do Imposto de Renda


416 Vagas

Unitins lança edital de transferência externa com 416 vagas



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira