Thursday, 26 de November de 2020

GERAL


Em defesa dos direitos básicos da cidadania

10 Sep 2008

Interessante estudo realizado pelo IBGE demonstra que, em 2005, havia 338 mil fundações privadas e associações sem fins lucrativos registradas no Brasil. Essas organizações empregavam 1,7 milhões de pessoas, com salários médios mensais de R$ 1.094,44. O tempo médio de existência dessas instituições era de 12,3 anos, e o Sudeste abrigava 42,4% delas. Essas instituições são, em geral, de pequeno porte, mas, somadas, realizam consistente e grande trabalho.

O relatório, produzido em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Associação Brasileira de Organizações Não-Governamentais (Abong) e o Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (Gife), também demonstra o importante escopo da atuação dessas organizações do Terceiro Setor, que prestam inestimáveis serviços à Nação, nas áreas da Educação, Saúde, Promoção Social, na iniciação profissional, na defesa dos direitos dos cidadãos, na cultura, arte e lazer.

Esses números evidenciam ser absolutamente possível a mobilização articulada da sociedade visando ao bem comum, à melhoria da qualidade de vida e ao desenvolvimento. Tal postura é crucial para se cumprir um pressuposto básico da democracia: a igualdade de oportunidades. É nesse contexto que é realizado, em 13 de setembro, o 4º Encontro Paulista de Fundações, no Colégio Rio Branco, em São Paulo. Promovido pela Associação Paulista de Fundações (APF), o evento tem como tema “A transparência e sucesso das fundações”.

A rigor, de ser entendida a transparência como fator condicionante ao sucesso dessas organizações em sua meta de contribuir para o desenvolvimento brasileiro. Os resultados do trabalho dessas também devem ser visíveis, de modo a demonstrar que a melhoria do quadro social brasileiro, apontada por respeitados organismos internacionais, não é fruto apenas dos programas do governo, mas também da mobilização e responsabilidade do Terceiro Setor.

Com certeza, o exercício da responsabilidade social contribui muito para a inclusão de milhares de brasileiros nos benefícios da economia e nas prerrogativas da cidadania. Nesse sentido, eventos como o Encontro Paulista de Fundações contribuem para que essas organizações troquem experiências e aperfeiçoem seu trabalho. Além disso, têm efeito multiplicador, à medida que difundem mais amplamente modelos bem-sucedidos de projetos e programas sociais e disseminam a consciência de que vale muito a pena trabalhar pelo bem comum.

As fundações cumprem, portanto, expressivo papel, contribuindo para mitigar a exclusão. Trata-se de trabalho indispensável, não só no Brasil como em todo o mundo, considerando que o Estado não tem capacidade de equacionar sozinho todas as demandas inerentes à dívida social. Assim, a mobilização da iniciativa privada é imprescindível, principalmente nas nações em desenvolvimento e nos países emergentes, nos quais ainda persistem sérios gargalos no atendimento aos direitos básicos de todos os cidadãos.

COMPARTILHE:


Confira também:


Retorno

Governador Carlesse reassume Palácio Araguaia e agradece Antonio Andrade pelo trabalho realizado à frente do Executivo

Presidente da AL agradece por oportunidade e faz balanço dos dias como governador



Saúde

Hemocentro de Palmas promove homenagem aos doadores de sangue

Ação foi realizada nesta quarta-feira, 25, Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue


IML

Corpo de um homem jovem não identificado e não reclamado permanece no IML de Palmas

Trata-se de pessoa do sexo masculino, com idade entre 18 e 25 anos, aproximadamente.


Naturatins

Governo apresenta Cartas Climáticas que vão auxiliar gestão ambiental no Tocantins

Naturatins acompanhou a apresentação do levantamento que aponta tendências climáticas do Tocantins com base nos registros das últimas três décadas servirão como referências para gestão de ações ambientais em diferentes regiões do Estado em cada período do


Amazônia

Tocantinenses são destaque no 2º Festival de Cinema Negro Zélia Amador de Deus


Arraiá da Capital

Estrutura do Arraiá da Capital Online está sendo finalizada


Moradia

Recanto das Araras II: data para assinatura de contratos dos imóveis é adiada


Agenda

Governador em exercício, Antonio Andrade, vistoria obras da Ponte de Porto Nacional


Denuncia de Estupro

Jovem de 20 anos acusa senador Irajá Abreu de cometer estupro em São Paulo


Segurança

Polícia Civil do Tocantins deflagra segunda fase da operação Rosetta contra membros de organização criminosa



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira