Tuesday, 22 de October de 2019

GERAL


Eleições 2010

Encontro político movimenta setor cooperativista na capital

15 Sep 2010

O 1° Encontro Político “Cooperativismo nas eleições 2010” começou nesta terça, 14, com a presença do candidato a governador Carlos Henrique Gaguim. Na abertura do evento o presidente da OCB/SESCOOP-TO, Ricardo Khouri, ressaltou a importância do encontro para que os candidatos conheçam as demandas das cooperativas, divididas em dez ramos de atividade, e que o próximo governador firme um compromisso com o cooperativismo no Tocantins.

Na sua apresentação, Carlos Gaguim falou da importância de sentar com os presidentes das cooperativas e apresentar propostas concretas e planos definidos para o fortalecimento do setor. “É inaceitável que, depois de 21 anos, esta seja a primeira vez que o governo ouve as demandas do cooperativismo tocantinense”, declarou.

Questionado sobre a carência de uma Lei Estadual de Incentivo ao Cooperativismo, Carlos Gaguim admitiu a importância de sua formulação e falou que, se eleito, irá trabalhar para que a Lei esteja na pauta da Assembleia Legislativa do Tocantins.

No ramo crédito, o candidato comprometeu-se em firmar parcerias entre Governo e cooperativas de crédito. “Os governos passados firmaram convênios com bancos particulares, se eleito, vou dar abertura para as cooperativas também atuarem no setor financeiro sem encontrarem monopólio”, ressaltou.

TARDE
Na parte da tarde, o candidato ao governo Siqueira Campos não compareceu ao evento e foi representado por João Carlos da Costa,coordenador de campanha. O candidato encaminhou por escrito suas respostas aos questionamentos dos cooperativistas e firmou compromisso com o setor. “Na Secretaria das Oportunidades, que será criada para atuar sob os valores e princípios do Cooperativismo, a Subsecretaria mais forte será a Subsecretaria do Cooperativismo”.

Sobre o ramo de mineração o candidato prometeu adotar a mais moderna e avançada legislação que favoreça a atividade garimpeira no Estado.

CARTA DE INTENÇÕES
Após responderem as perguntas dos cooperados o candidato Carlos Gaguim e o representante do candidato Siqueira Campos, João Carlos da Costa, assinaram a Carta de Intenções, com as seguintes propostas para o próximo governo:

1) Ser reconhecido como órgão consultivo do governo estadual;

2) Implantação da Lei Estadual de Apoio e Incentivo ao Cooperativismo;

3) Fortalecimento das cooperativas já existentes, através de parcerias para fornecimento de produtos, bens e/ou serviços cooperativados;

4) Participação em órgãos, conselhos e agências reguladoras estaduais. Ex: Junta Comercial, COEMA, Conselho de Desenvolvimento;

5) Adequado tratamento tributário ao ato cooperativo para os diversos ramos do cooperativismo, respeitando a Constituição Federal (CF/88. Art. 146) e Lei Geral do Cooperativismo( 5.764/71 – Art. 79);

6) Desburocratização do crédito através da Agência de Fomento e Banco da Gente para cooperados e cooperativas;

7) Criar um fundo de aval para possibilitar o acesso ao crédito de cooperativas que não tenham ou não possa apresentar garantia real para fazer frente a financiamentos;

8) Inserir o tema cooperativismo no currículo escolar nos níveis fundamental e médio.

COMPROMISSOS
O Encontro Político teve como objetivo principal firmar um compromisso com candidatos ao governo do Tocantins no que se refere à implementação de Políticas Públicas e ao fomento das atividades das cooperativas. Com propostas diferentes, os dois candidatos ao Governo tiveram a oportunidade de conhecerem melhor o cooperativismo tocantinense e explanarem suas propostas; ressaltando assim o caráter democrático que este 1° Encontro Político buscou atingir.

COMPARTILHE:


Confira também:


Saúde

HGP volta a registrar menor índice de ocupação operando com 81% de sua capacidade

Número é resultado do novo fluxo de atendimentos aos pacientes implantado na unidade hospitalar


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira