Wednesday, 21 de February de 2018

Wednesday, 21 de February de 2018

GERAL


Agrotins 2017

Estudantes participam de circuitos de palestras na Agrotins 2017

12 May 2017

Wherbert Araújo/Governo do Tocantins
 
Com uma média de 20 mil pessoas visitando por dia a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins Brasil 2017), muitos participantes aproveitam a vasta programação de cursos, minicursos, palestras e dias de campo para se reciclar e adquirir novos conhecimentos. Nesta edição, a Feira recebeu, inclusive, acadêmicos do Instituto Federal de Educação do Pará (IFPA).

Para Luiz Fernando Pereira, técnico agropecuário do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), que também é acadêmico do curso de Agronomia do IFPA em Conceição do Araguaia (PA), a oportunidade de visitar a Agrotins 2017 auxilia não só na formação acadêmica como também no seu trabalho diário. "Às vezes, na faculdade, estudamos um assunto com bibliografia antiga. Quando chegamos aqui, podemos nos informar das atualizações e das novas tecnologias no manejo da mandioca, que é o meu interesse de pesquisa", afirmou.

Já a acadêmica Tracy Kelly Mota dos Santos, a oportunidade de visitar a Agrotins pela primeira vez trouxe também novos conhecimentos. "A realidade do meu estado difere um pouco desta região, mas podemos adaptar e é esse o meu objetivo como acadêmica de Agronomia", ressaltou.

Gestão de Recursos Naturais

Para as acadêmicas do curso de Gestão Ambiental do IFPA, Ludmila Aparecida Fernandes e Graciele Silva Lemes, as inovações no reuso e na economia dos recursos naturais foram os grandes pontos observados durante dois dias de visitas na Agrotins. "Pude observar o manejo da atividade de piscicultura que economiza água e ainda a reutiliza em outros processos", afirmou Ludmila.

Para Graciele, cujo trabalho de conclusão de curso está focado em sistemas agroflorestais, a visita a uma unidade demonstrativa trouxe novos aprendizados. "Aqui, na Agrotins, foi apresentada a integração de abelhas sem ferrão na unidade e isso pode ser considerado mais um ganho ambiental e para o produtor", afirmou. 

Segundo o professor de Sociologia Bruno Borda, o intercâmbio dos estudantes favorece o crescimento educacional. "Esse contato com produtores e técnicos que atuam nas áreas de pesquisa dos acadêmicos é muito produtivo", disse.

Ensino Médio

Estudantes do curso de Técnico Agropecuário de Natividade, na região sudeste do Tocantins, também buscam aprimorar os conhecimentos na Agrotins. Para Mateus Alves Sirqueira e Ana Lúcia Leão, do segundo semestre, se interessaram por aprender mais técnicas de manejo da cultura da mandioca. "As informações repassadas vão servir para implementar meus estudos", ressaltou Mateus.

Agrotins

Na sexta-feira, 12, a programação segue com diversas atividades, como palestras, oficinas, aberturas de exposições, workshops, roteiros e práticas sustentáveis com o objetivo de capacitar, principalmente, os produtores tocantinenses. Ao todo, serão mais de duas mil capacitações. A estimativa é de que aproximadamente 100 mil pessoas, com as caravanas dos pequenos produtores dos 139 municípios, visitem o Centro Agrotecnológico de Palmas, durante a Feira. A Agrotins é uma realização do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e suas vinculadas (Ruraltins, Adapec e Itertins), em parceria com instituições públicas, iniciativa privada e entidades de classe ligadas ao setor agropecuário. 

COMPARTILHE:

O que você achou da notícia?

1

PARABÉNS!
PARABÉNS!

1

BOM
BOM

1

AMEI!
AMEI!

1

KKKK
KKKK

2

ENGRAÇADO
ENGRAÇADO

1

Ñ GOSTEI
Ñ GOSTEI

2

CREDO!
CREDO!

Comentários

comments powered by Disqus


Confira também:


Palmas

Júnior Geo cobra concurso para a Guarda Metropolitana

Na oportunidade, o vereador destacou a necessidade em se fazer emendas parlamentares com o propósito de fortalecer o serviço

IPTU

Palmas é a 12ª cidade no País que mais investe na manutenção em serviços públicos com recursos do IPTU, aponta estudo da UFT

Palmas está no topo das cidades brasileiras (entre 200 mil a 500 mil habitantes) que mais investem por pessoa (per capta) na manutenção de serviços básicos e essenciais da cidade a partir do que arrecada com o IPTU




  Blogs & Colunas


TiViNaLili

Lili Bezerra


Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira