Tuesday, 22 de September de 2020

GERAL


Carnaval

Fundação Cultural de Palmas e empresários se reuniram para discutir a realização de festas de Pré-Carnaval

24 Jan 2020
Divulgação Fundação Cultural de Palmas e empresários se reuniram para discutir a realização de festas de Pré-Carnaval

Empresários da área de lazer e eventos da Capital e grupos interessados em promover festas de Pré-Carnaval e de Carnaval em Palmas, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 23, com membros do Ministério Público Estadual (MPE) e representantes da Fundação Cultural de Palmas (FCP) para discutir a realização das festas de Pré-Carnaval.

 

Para tanto foram convidados representantes da Polícia Militar (PM), Bombeiros, Guarda Metropolitana (GMP), Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Mobilidade (Sesmu), Conselho Tutelar, dentre outros.

 

Na oportunidade, o presidente FCP, Giovanni Assis, fez a leitura do Decreto 1.704 de 27/02/2019, que estabelece os critérios para emissão de autorização de uso de espaço público ou privado, para realização de eventos temporários dirigidos ao público.

 

De acordo com o presidente da Fundação Cultural, Giovanni Assis, a reunião deu oportunidade aos empresários que irão realizar eventos privados e aqueles que vão realizar eventos públicos ou em locais privados que não estejam previamente autorizados tomem conhecimento da Lei.  “A prefeitura apoia a realização das festas pré-carnavalescas, desde que ocorram dentro da legalidade e de forma tranquila e ordeira”, disse ele.

 

Ainda de acordo com Assis, a prefeitura de Palmas entende e respeita os movimentos tradicionais e populares e espera que em parceria com os empresários possa realizar uma festa de forma pacifica e ordeira.

 

Durante a reunião um dos empresários questionou de quem seria a responsabilidade quanto aos eventos fechados que acumulam público externo. O Promotor da Área do Meio Ambiente, Fabio Lang, disse que o empresário também é corresponsável pelo espaço público e que deve avisar as forças de segurança quando houver acúmulo de pessoas em frente ao seu estabelecimento.

 

Lang reiterou que o MPE atuará nos casos em que os eventos pré-carnavalescos não estejam autorizados pelo órgão responsável. “O empresário responsável pelo evento que não cumprir o determina a Lei 1.704/2019, poderá responder administrativamente, civilmente e criminalmente”, disse.

 

A Procuradora de Justiça e coordenadora do grupo Psiu, Ana Paula Catini reiterou que é necessário que todos os empresários e comerciantes que participarão de eventos pré-carnavalescos se adequem à Lei do município antes de promover esse tipo de evento.

 

O secretário Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Durval Junior, reiterou que as forças de segurança estarão atuando em conjunto durante os eventos pré-carnavalescos e durante o Carnaval. “Nós vamos discutir as estratégias de segurança para intervir em caso de necessidade principalmente com a presença do Conselho Tutelar, e nos casos de eventos fechados que acumulam público externo”, acrescentou ele. (Fonte: Ascom).

COMPARTILHE:


Confira também:


Home Office

Ipea: percentual de brasileiros em home office cai para 11,7% em julho

Aumenta a participação de brancos e mulheres no trabalho remoto

Pandemia

Tocantins registra 128 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins contabiliza 193.917 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 63.544 casos confirmados. Destes, 46.511 pacientes estão recuperados, 16.166 pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar e 867 pacientes foram a óbito.



Conscientização

Governo do Tocantins lança campanha para consumo consciente de água

A campanha ‘Água, use com consciência para não faltar’ é uma iniciativa do Governo do Estado em Parceria com a ATS


Prevenção

Neurocientista alerta que apenas conversar não resolve o problema de quem pensa em cometer suicídio

Neurocientista, filósofo e psicanalista Fabiano de Abreu em entrevista à revista Capricho, explica que a “DM Aberta”, apesar da boa intenção, não deve ser apresentada como uma ajuda eficiente para quem pensa em suicídio


Economia

Vice-governador articula relação do Basa com Governo para prorrogação de decreto que garante crédito especial às empresas afetadas pela pandemia

No total, foram disponibilizados o montante de R$ 2 bilhões para empresas a taxas de juros de 2,5% ao ano, bem abaixo ao praticado no mercado, e com prazo de carência até oito meses.


Justiça

Magistrado Pedro Nelson de Miranda Coutinho é o mais novo desembargador do Judiciário tocantinense


Obras

Governador Carlesse assina Ordem de Serviço para recuperação de estradas vicinais em três municípios


Justiça

Ministério Público expede parecer favorável a Delegados após Corregedoria instaurar sindicâncias


Eleições 2020

Prefeita Cinthia Ribeiro fecha convenção com apoio de seis partidos


Emprego

Sine Tocantins orienta trabalhadores para uma boa entrevista de emprego. Nesta quarta, 16, são 403 vagas no Estado


Covid-19

Boletim coronavírus (Covid-19): taxa de internações hospitalares sofre redução na Capital



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira