Sunday, 07 de June de 2020

GERAL


Adapec

Humberto diz que mesmo com dívidas herdadas da antiga gestão, é hora de pensar no futuro

12 Feb 2015

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) possui dívida de mais R$ 3 milhões, incluindo sete meses de aluguéis atrasados de imóveis e direitos trabalhistas dos servidores. A frota de veículos está sucateada, comprometendo o trabalho de fiscalização do órgão. A Adapec é responsável por manter a produção agropecuária do Estado livre de pragas e doenças.
 
O médico veterinário Humberto Viana Camelo, que está à frente da presidência da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), onde já comandou entre os anos de 2006 e 2009, em entrevista fala das dificuldades encontradas na pasta e anuncia suas expectativas para os próximos anos. O presidente admite que as dívidas financeiras herdadas possam dificultar o andamento das atividades, mas reconhece na sua equipe um grande potencial para contornar os gargalos e continuar assegurando um atendimento de qualidade ao produtor rural e a manutenção sanitária animal e vegetal.
 
Dinalva Martins: O senhor retorna ao comando da Adapec após 6 anos, como recebeu o convite do governador Marcelo Miranda e após assumir a pasta qual o cenário encontrado?
Humberto Camelo: Me senti honrado pela confiança depositada e acredito que seja um reconhecimento do trabalho que desenvolvemos quando estive à frente da pasta. Temos consciência do grande desafio que iremos enfrentar, que é o de colocar a Agência no mesmo patamar que havíamos deixado em 2009, mas estamos preparados. Ao assumir a pasta, após um levantamento, detectamos graves problemas e uma dívida financeira herdada de mais R$ 3 milhões, incluindo sete meses de aluguéis atrasados dos imóveis, a frota de veículos sucateada e dívidas com fornecedores. Além disso, atraso no pagamento de combustíveis, do auxílio-maternidade e do Ressarcimento de Despesas de Atividades de Defesa Agropecuária (Redad), entre outros. Todos esses problemas causam um descontentamento nos servidores, por isso, pretendemos buscar a motivação da equipe e retomar a autoestima de nossos profissionais, para prestarmos um serviço de qualidade à população.
 
D.M:  Qual o maior desafio a ser superado neste primeiro momento?
H.C
: Nossa prioridade é quitar as dívidas mais urgentes para a máquina continuar funcionando. Estamos nos esforçando para contornarmos as situações difíceis e solucionarmos as mais graves, dentro do que for possível.
 
D.M: A Adapec é responsável por executar a Política Estadual de Defesa Agropecuária e tem um papel primordial na economia do Estado, quais serão seus objetivos para melhorar as ações nas áreas animal e vegetal? 
H.C:
Seguindo as determinações do governador Marcelo Miranda, sem dúvida, será prestarmos um serviço de qualidade aos produtores rurais, conquistarmos novos mercados internacionais, intensificarmos a vigilância sanitária para prevenção, controle e erradicação de doenças nos animais, além do monitoramento e combate a doenças e pragas dos vegetais. Temos um Estado com a vocação para o agronegócio e nosso carro chefe da economia é a produção de soja e carnes. Portanto, num futuro próximo pretendemos colaborar com o crescimento das condições sanitárias da produção de soja e buscarmos a conquista do status sanitário livre de febre aftosa sem vacinação.
 
E.G: De um modo geral, quais serão os principais planos para o futuro?
H.C
: Realizarmos boas ações que visem a melhoria das condições de trabalhos dos servidores, eliminarmos gastos desnecessários, otimizarmos os recursos financeiros e adequarmos a situação em que vive o Estado. Para isso, buscaremos convênios com o Ministério da Agricultura, que sempre foi um grande parceiro, e contaremos com a participação de toda a cadeia produtiva. Queremos fazer a diferença na gestão e retomarmos o antigo posto da Adapec, como referência nacional em Defesa Agropecuária. Nesse momento, é necessário unirmos forças, temos uma equipe treinada e formada por excelentes profissionais, temos um potencial agropecuário e produtores rurais conscientes do seu papel, por isso, acreditamos que com um trabalho bem feito e o comprometimento de todos os envolvidos conseguiremos os resultados almejados.
 

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Medidas de enfrentamento à Covid-19 e anúncio do retorno do ano letivo marcam a semana no Tocantins

Ações visam fortalecer municípios e dar transparência a todos os atos da administração

Pandemia

Tocantins registra 324 casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 5.505 casos no total, destes, 2.356 pacientes estão recuperados, 3.053 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 96 pacientes foram a óbito.



Meio Ambiente

Em Debate Online, Tocantins apresenta dados de redução de desmatamento nos biomas Cerrado e Amazônico

Os dados foram apresentados durante o Debate Online: Estados Amazônicos contra o desmatamento ilegal e outros ilícitos ambientais, promovido nesta quinta-feira (04), pela Força Tarefa dos Governadores (GCF)


Solidariedade

CRMV TO e Ulbra se unem para arrecadar alimentos e ração durante pandemia

Para a coordenadora do curso de Medicina Veterinária do Ceulp/Ulbra Juliana Vitti Moro, a solidariedade é fundamental para superar períodos de crise.


Saúde

Governo do Tocantins amplia leitos para Covid-19 e garante atendimentos para a população

Com o compromisso de fortalecer a saúde, Governo mantém em dia repasse aos municípios que soma mais de R$ 14 milhões


Covid-19

Em Palmas, 53,2% dos casos positivos foram recuperados da Covid-19


Campanha

No Dia Mundial do Meio Ambiente Coca-Cola Brasil reforça seu compromisso com a Sustentabilidade


Aviação

Azul adiciona novos mercados e passa a oferecer voos diretos de Campinas para Palmas


Panorama

Consumo das famílias no mês de maio cai em Palmas


COVID-19

São Paulo reabre escritórios e concessionárias de veículos


Ageto

Governo do Tocantins inicia manutenção em duas rodovias do Bico do Papagaio



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira