Friday, 10 de July de 2020

GERAL


Adapec

Humberto diz que mesmo com dívidas herdadas da antiga gestão, é hora de pensar no futuro

12 Feb 2015

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) possui dívida de mais R$ 3 milhões, incluindo sete meses de aluguéis atrasados de imóveis e direitos trabalhistas dos servidores. A frota de veículos está sucateada, comprometendo o trabalho de fiscalização do órgão. A Adapec é responsável por manter a produção agropecuária do Estado livre de pragas e doenças.
 
O médico veterinário Humberto Viana Camelo, que está à frente da presidência da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), onde já comandou entre os anos de 2006 e 2009, em entrevista fala das dificuldades encontradas na pasta e anuncia suas expectativas para os próximos anos. O presidente admite que as dívidas financeiras herdadas possam dificultar o andamento das atividades, mas reconhece na sua equipe um grande potencial para contornar os gargalos e continuar assegurando um atendimento de qualidade ao produtor rural e a manutenção sanitária animal e vegetal.
 
Dinalva Martins: O senhor retorna ao comando da Adapec após 6 anos, como recebeu o convite do governador Marcelo Miranda e após assumir a pasta qual o cenário encontrado?
Humberto Camelo: Me senti honrado pela confiança depositada e acredito que seja um reconhecimento do trabalho que desenvolvemos quando estive à frente da pasta. Temos consciência do grande desafio que iremos enfrentar, que é o de colocar a Agência no mesmo patamar que havíamos deixado em 2009, mas estamos preparados. Ao assumir a pasta, após um levantamento, detectamos graves problemas e uma dívida financeira herdada de mais R$ 3 milhões, incluindo sete meses de aluguéis atrasados dos imóveis, a frota de veículos sucateada e dívidas com fornecedores. Além disso, atraso no pagamento de combustíveis, do auxílio-maternidade e do Ressarcimento de Despesas de Atividades de Defesa Agropecuária (Redad), entre outros. Todos esses problemas causam um descontentamento nos servidores, por isso, pretendemos buscar a motivação da equipe e retomar a autoestima de nossos profissionais, para prestarmos um serviço de qualidade à população.
 
D.M:  Qual o maior desafio a ser superado neste primeiro momento?
H.C
: Nossa prioridade é quitar as dívidas mais urgentes para a máquina continuar funcionando. Estamos nos esforçando para contornarmos as situações difíceis e solucionarmos as mais graves, dentro do que for possível.
 
D.M: A Adapec é responsável por executar a Política Estadual de Defesa Agropecuária e tem um papel primordial na economia do Estado, quais serão seus objetivos para melhorar as ações nas áreas animal e vegetal? 
H.C:
Seguindo as determinações do governador Marcelo Miranda, sem dúvida, será prestarmos um serviço de qualidade aos produtores rurais, conquistarmos novos mercados internacionais, intensificarmos a vigilância sanitária para prevenção, controle e erradicação de doenças nos animais, além do monitoramento e combate a doenças e pragas dos vegetais. Temos um Estado com a vocação para o agronegócio e nosso carro chefe da economia é a produção de soja e carnes. Portanto, num futuro próximo pretendemos colaborar com o crescimento das condições sanitárias da produção de soja e buscarmos a conquista do status sanitário livre de febre aftosa sem vacinação.
 
E.G: De um modo geral, quais serão os principais planos para o futuro?
H.C
: Realizarmos boas ações que visem a melhoria das condições de trabalhos dos servidores, eliminarmos gastos desnecessários, otimizarmos os recursos financeiros e adequarmos a situação em que vive o Estado. Para isso, buscaremos convênios com o Ministério da Agricultura, que sempre foi um grande parceiro, e contaremos com a participação de toda a cadeia produtiva. Queremos fazer a diferença na gestão e retomarmos o antigo posto da Adapec, como referência nacional em Defesa Agropecuária. Nesse momento, é necessário unirmos forças, temos uma equipe treinada e formada por excelentes profissionais, temos um potencial agropecuário e produtores rurais conscientes do seu papel, por isso, acreditamos que com um trabalho bem feito e o comprometimento de todos os envolvidos conseguiremos os resultados almejados.
 

COMPARTILHE:


Confira também:


Pandemia

Tocantins registra 406 novos casos da Covid-19

Atualmente, o Tocantins apresenta 13.845 casos no total, destes, 8.915 pacientes estão recuperados, 4.690 pacientes estão ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar e 240 pacientes foram a óbito.

Pesquisa

Tocantins soma 59 pesquisas científicas autorizadas em Unidades de Conservação estaduais

Mesmo com a suspensão temporária das atividades nas unidades devido a Covid-19, o sistema de controle de pesquisas científicas em UCs estaduais do Naturatins registrou, no 1º semestre de 2020, sete autorizações recentes em andamento


Tocantins

Balanço mostra que Justiça Federal no Tocantins já repassou mais de R$ 200 mil para ações de combate à Covid-19

No Tocantins, a 4ª Vara Federal de Palmas destinou R$ 70.923,80, a Subseção Judiciária de Araguaína R$ 69.464,00 e a Subseção de Gurupi destinou R$ R$ 63.750,00.


Biodiversidade

Tocantins inicia monitoramento do período reprodutivo 2020 do Pato mergulhão no Jalapão

O Governo do Tocantins tem o compromisso de cumprir o calendário de monitoramento da espécie, firmado com o Plano de Ação Nacional para a Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção ou do Patrimônio Espeleológico (PAN/ICMBio)


Covid-19

Governador vistoria instalações de hospital contratado para atender pacientes da Covid-19


Meio Ambiente

Governo do Tocantins suspende autorização para queima controlada até novembro


Aprovação de Matérias

Assembleia encerra primeiro semestre após diversas matérias aprovadas


Paraído do TO

Bombeiros militares atuam em combate a incêndio em carga de madeira na BR-153


Desempenho

Tocantins alcança segundo lugar no ranking de monitoramento da Agência Nacional de Águas


Cultura

Prazo para cadastro de eleitores e candidatos ao Conselho de Cultura termina na sexta



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira