Tuesday, 24 de November de 2020

GERAL


Estado

Marcelo Miranda lança obras e diz que educação tocantinense não tem partido político

18 Aug 2009

Dados e histórias sobre os avanços no combate ao analfabetismo e ações públicas eficazes na educação do Tocantins são alguns dos temas reunidos no livro e no videodocumentário “Escolas do Tocantins - a educação fazendo história''. As duas obras foram lançadas oficialmente na noite desta segunda-feira, 17, no Espaço Cultural de Palmas. O governador Marcelo Miranda e a secretária estadual da Educação e Cultura, Maria Auxiliadora Seabra Rezende (Dorinha), homenagearam personagens que marcaram o cenário educacional das últimas décadas.

A noite foi definida por muitos como histórica. Marcelo Miranda disse que a educação no Tocantins não tem partido político, e por tal motivo tem avançado tanto nos últimos anos. “Nós evoluímos muito desde quando o Estado foi criado. Naquela época 40% da nossa população eram analfabeta, hoje esse número caiu consideravelmente (14,21%, segundo dados do IBGE divulgados em 2007)”, concluiu. Antes de seu pronunciamento, o governador foi aplaudido de pé pelos participantes que ocuparam todas as cadeiras do Theatro Fernanda Montenegro.

O livro e o videodocumentário trazem dados e relatos que compreendem um período que vai do final do século XIX até os dias atuais. ”Quando o Tocantins foi criado existiam 129 escolas. Agora, somente as escolas estaduais, são 549”, destacou Dorinha. A secretária também lembrou que hoje em dia “a educação pública está presente nas aldeias indígenas, nos povoados, nos pequenos distritos e em todas as cidades do Estado”.

O trabalho de pesquisa traz histórias de educadores como a das Irmãs Dominicanas do Colégio Sagrado Coração de Jesus, de Porto Nacional, que lembram a difícil realidade da época. O registro é um resgate de memórias e vivências de quem exerceu um importante papel na educação tocantinense.

Ainda na solenidade, Marcelo Miranda e Dorinha homenagearam todos os ex-secretários da Educação do Tocantins, ex-conselheiros e presidentes do Conselho Estadual da Educação, ex-reitores da Unitins – Universidade do Tocantins, profissionais das regionais de ensino e educadores que fizeram história. Marcelo Miranda foi homenageado como o principal colaborador da educação no Estado.

Também participaram do evento o senador Leomar Quintanilha, deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores, secretários de governo e profissionais da educação. O deputado estadual César Halum disse que é preciso resgatar a história. “Nós somos muito pobres com a história do nosso Estado. Todo trabalho que for feito para mudar essa realidade enriquece muito o Tocantins”, finalizou.

A primeira edição do livro e DVD: “Escolas do Tocantins - a educação fazendo história foi lançada com a distribuição de mil cópias. De acordo com Dorinha, o trabalho de pesquisa e documentação vai continuar. (Informações da Secom/TO)

COMPARTILHE:


Confira também:


Covid-19

Tocantins contabilizou 291 novos casos confirmados da Covid-19

Dos 291 novos casos, 161 foram detectados por RT-PCR, 01 por sorologia e 129 através testes rápidos.




  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira