Thursday, 19 de September de 2019

GERAL


Me dêem uma árvore...

01 Mar 2011

Que dela farei uma linda casa, diria alguém....
Se fosse um morador da favela, tentaria melhorar a imagem do barraco, mas se fosse um abastado, pensaria em portas esculpidas, assoalho envernizado por debaixo dos tapetes, escondessem esses o que escondessem.

O religioso faria uma nova capela ou um belo púlpito para pregar, e o folgado uma grande cama para se espreguiçar.
O guloso faria uma bela mesa para nela se fartar e o aventureiro um belo barco para navegar.
Seriam tantas e tão diversas as opções e propostas de quem recebesse uma árvore, que duvidamos que o preguiçoso sequer levantasse as vistas para olhar.

Podemos pensar no que uma criança imaginaria. Se fosse menina, um carrinho ou casinha de bonecas com seu instinto maternal. E se fosse menino um carrinho de mão ou quem sabe já preparando um futuro ocioso, um carrinho de lomba.

O dono de uma loja faria novos e belos balcões enquanto o agiota, uma bela e grande escrivaninha para sobre ela negociar.
Já o homem cansado deve estar sonhando com uma bela cadeira de balanço para cochilar, ou quem sabe uma linda bengala e forte para poder passear. Já a dona de casa, quem sabe uma bela tábua de bater bife, uma cristaleira nova e, quantos desejos mais...

Posso apostar que o boêmio pensaria em um violão com som macio para suas serestas, enquanto sua mulher quem sabe, num belo rolo de massas para sua chegada de madrugada.

Não dá para esquecer daqueles que fariam um grande baú para esconder suas mazelas, traições, mentiras e maldades, como se ali pudessem ser sepultados. Por sorte, teríamos também os românticos que fariam pequenas e coloridas caixas de recordações para guardar seus sonhos, alegrias e lágrimas de felicidade, bem protegidas do mundo cá de fora.
Agora, querem saber o que faria se me dessem uma árvore?

Bem. De alguns galhos faria um livro para guardar minhas palavras, sem esquecer de poupar outros tantos para que me dessem frutos e uma bela sombra para descansar. Em seu belo tronco, iria me recostar e sonhar.
Duvidam?
Me dêem uma árvore...
E vocês?

Antonio Jorge Rettenmaier, Cronista, Escritor e Palestrante, membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Independentes. Esta coluna está em mais de oitenta jornais impressos e eletrônicos no Brasil e Exterior. Obrigado à todos que têm enviado emails(ajrs010@gmail.com) e pudemos responder com o maior carinho.

COMPARTILHE:


Confira também:


Política

Maia diz que Fundo Eleitoral é necessário para equilibrar campanhas

O projeto aprovado manteve novas situações, em que será permitido o uso de recursos do Fundo Partidário.

Premiação

Nota Quente paga R$ 10.935,88 neste sábado, 21

O programa Nota Quente Palmense realiza sorteios mensais de R$ 10 mil e dois sorteios semestrais de R$ 50 mil, sendo um no mês de maio e outro no mês de outubro, além do grande sorteio anual, de R$ 200 mil, realizado em dezembro.


Saúde

Profissionais de saúde alertam sobre cuidados com as altas temperaturas na Capital

Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas são alguns dos problemas decorrentes da Baixa Umidade do Ar


Drogas

Polícia Civil prende quatro traficantes e apreende mais de 30kg de maconha em Gurupi

Com eles foram apreendidos 29 tabletes de maconha, três outros pedaços da mesma droga, uma balança de precisão, R$ 2.382,00 em espécie e aparelhos celulares.


Honraria

Participante de programa do Instituto TIM vence prêmio global da ONU


Agrotóxicos

Assembleia debate uso de agrotóxico em audiência proposta por Zé Roberto Lula


Economia

Endividamento atinge mais de 68% dos palmenses em agosto


Vestibular

Inscrições abertas para o Vestibular da Unitins


Ocorrência

Polícia Civil prende mulher suspeita de estelionato no sudeste do Estado


Proibição

Adapec apreende carga de 10 toneladas de sementes de capim irregular na TO-050 entre Palmas e Porto Nacional



  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira