Friday, 06 de December de 2019

GERAL


Educação

Membros da embaixada americana discutem parceria com Seduc para intercâmbios

21 Jan 2015

Representantes da embaixada dos Estados Unidos estiveram, na tarde desta quarta-feira, 21, reunidos com técnicos da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), para tratar de parcerias para beneficiar estudantes e professores tocantinenses. Durante a reunião, o coordenador geral de programas de ensino de inglês da embaixada americana, Rick Rosenberg e o adido cultural adjunto e coordenador de Programas com o Norte do Brasil, Walter Kerr discutiram programas e ouviram experiências dos educadores tocantinenses.

O secretário de Estado da Educação, professor Adão Francisco de Oliveira, destacou a importância da parceria entre os representantes norte-americanos e o órgão estadual, para fortalecer a metodologia e o sistema de ensino-aprendizagem da língua inglesa na rede pública de ensino tocantinense. "Temos hoje quatro importantes projetos de intercâmbio para inserção de professores na língua inglesa. Queremos explorar ainda mais estes programas e ampliar os nossos laços com a embaixada americana", disse.

O estreitamento de laços também foi o foco do discurso do coordenador geral de Programas de Ensino de Inglês da embaixada, Rick Rosenberg. De acordo com o educador, a meta é promover a oportunidade de acesso a novas metodologias de ensino de inglês nas escolas, além de experiências em uma outra cultura. "É sempre um prazer muito grande trabalhar com professores. Meu trabalho é basicamente ajudar aos educadores a trocar ideias e desenvolver recursos para aperfeiçoar o ensino da língua inglesa", salientou.

Segundo os técnicos norte-americanos, a embaixada oferece gratuitamente diversas oportunidades de cursos de inglês para os professores da rede pública de ensino brasileira. São, conforme Rosenberg, cursos presenciais, aulas online, materiais didáticos e multimídia. "Qualquer professor do Brasil pode participar", frisou. "Nós queremos criar e expandir os nossos laços com o Tocantins, e em especial com Palmas", completou Walter Kerr.

Durante o encontro, as professoras Soraia Tomaz, Luciene Alves, e Márcia Ribeiro falaram de suas experiências durante o período em que passaram nos EUA, em diferentes projetos de intercâmbio. "A partir desta experiência, tivemos a oportunidade de aprender que, com um pouco de esforço a gente pode muito mais", disse Soraia, que participou do programa Sports United, em Washington – DC, programa voltado para a inclusão social através da prática esportiva.

Projetos de intercâmbio
Os projetos de intercâmbio envolvem o ensino de inglês nas Delegacias Regionais de Ensino; o Sports United (com foco na inclusão, direito e ativismo da pessoa com deficiência); intercâmbio para os coordenadores estaduais do Prêmio de Gestão Escolar; e o programa voltado para a coordenação do programa Jovem Embaixador. Em 2014, educadores e técnicos da Seduc tiveram a oportunidade de ampliar o conhecimento com viagens ao exterior por meio desses programas.

COMPARTILHE:


Confira também:


Primeiro Lugar

Portal O Girassol e Jornalista Suzana Barros conquistam Prêmio Adpeto de Jornalismo

Jornalista Suzana Barros conquistou a premiação com a matéria "As faces da violência contra a mulher".


  Blogs & Colunas



Entre nós

Virgínia Gama


Arquitetura & Design

Riquinelson Luz


Vida Plena

Valquiria Moreira


As Tocantinas

Célio Pedreira